No cinema, os efeitos especiais não se resumem a grandes explosões e cenários irreais: eles também podem levar você ao passado. É o que acontece no filme Flores Raras, ambientado no Rio de Janeiro das décadas de 1950 e 1960. Mas como esses efeitos são criados?

O trabalho de pós-produção foi coordenado pela The End. Os efeitos especiais, no entanto, foram realizados pela Teleimage. As empresas são brasileiras e Robson Sartori, que comandou a equipe da Teleimage, confirma ao Gizmodo Brasil que o trabalho foi realizado totalmente no país, com mão de obra brasileira.

Boa parte dos efeitos usa o chroma key para substituir o plano de fundo. Isso é necessário para ambientar o filme à época, e também é exigido pelo enredo, que envolve a criação do Parque do Flamengo.

Além disso, é trabalho da equipe remover as construções que ainda não existiam na época. Por exemplo, a Avenida Atlântica volta a seu estado antes do alargamento pelo qual passou durante a década de 1970. O hotel Rio Othon Palace, alto edifício inaugurado em 1977, também “some” no filme.

Mas não é só isso. Duda Izique, coordenador de pós-produção da The End, explica ao Gizmodo Brasil:

Como você pode ver no vídeo, também usamos [o chroma key] na casa em Petrópolis para deixar o jardim do fundo “inacabado”, pois era importante esse detalhe na narrativa do filme. Nas cenas gravadas em estúdio, como banheiro e táxi, ele também foi usado para que depois pudéssemos situar a locação.

No vídeo, estão cenas que foram retiradas da versão final do filme: são as sequências da Glória Pires empurrando o pai na cadeira de rodas, e depois na frente do lago com o barco. E há outras cenas com efeitos especiais no filme que não estão no vídeo acima.

Dirigido por Bruno Barreto (Dona Flor e Seus Dois Maridos), Flores Raras é baseado na história de amor de duas personagens reais: a poetisa norte-americana Elisabeth Bishop, e a arquiteta carioca Lota de Macedo Soares, interpretadas por Miranda Otto e Glória Pires.

O filme já passou pelos festivais de cinema de Berlim e Tribeca/NY, e abrirá o Festival de Gramado no início do mês que vem. Flores Raras estreia nos cinemas brasileiros em 16 de agosto. [YouTube]

Atualizado em 16/07