Para nossa felicidade, o Japão é um lugar estranho. Isso significa que eles criam soluções para problemas que nunca imaginaríamos. Por exemplo: você parece pouco amigável no trabalho, mas só porque está concentrado, e quer mudar sua imagem perante os colegas? Então use estes óculos!

O AgencyGlass foi inventado pelo Dr. Hirotaka Osawa, da Universidade Tsukuba (Japão). Ele é feito de duas telas OLED e um microcomputador com Bluetooth.

Ao mover a cabeça, os olhos mudam: quando você se inclina para trás, os óculos exibem uma expressão pensativa; se você acenar, eles piscam. Uma câmera fica no bolso da sua camisa e rastreia os rostos das pessoas ao seu redor, para manter um contato visual educado (e falso).

robot eyes

O próprio Dr. Osawa reconhece no vídeo abaixo que a ideia é meio maluca, mas ele oferece alguns exemplos nos quais essa tecnologia poderia ser útil: por exemplo, comissários de bordo em um avião pareceriam sempre alegres, mesmo tendo que lidar com passageiros rabugentos e voos difíceis.

Ele também cita um estudo sobre “trabalho emocional”: funções que requerem um sorriso constante no rosto – e um olhar atento e amigável – e que são estressantes para a saúde mental. “Este gadget emocional reduz a carga cognitiva do usuário durante interações sociais”, diz o Dr. Osawa.

O AgencyGlass também seria útil para quando você quer ser interrompido, mesmo estando concentrado:

Por exemplo, um estudante passa por um professor e pensa: “ele parece ocupado, eu não devia incomodá-lo”, mas essa não é a intenção dele. Os óculos dariam uma sugestão que não há problema em puxar papo. Então, eles servem para ser mais social, não menos.

E, no final, o vídeo do Dr. Osawa mostra o verdadeiro potencial dessa tecnologia: cochilar de forma secreta no escritório. É a evolução dos óculos com olhos falsos! Obrigado, Japão. [IEEE Spectrum via Geekosystem]