Não gosta de digitar na tela do smartphone? Não quer carregar um teclado Bluetooth para cima e para baixo? Seus problemas acabaram! OK, ainda não. Mas eis o que poderá ser uma nova opção: este protótipo de software sente batidas e vibrações na mesa usando o acelerômetro, transformando qualquer coisa em um teclado.

Projetado por Florian Kräutli, o teclado de vibração busca resolver alguns problemas com a digitação em smartphones. Ele gera um teclado completo sem precisar de acessórios — no entanto, uma folha de papel com teclas impressas pode ajudar. E como é um software, ele pode vir com qualquer produto ou ser vendido numa loja de apps.

Claro, ele tem alguns problemas. A demonstração é feita numa velocidade bem devagar, e você precisa treiná-lo antes de digitar – o software precisa reconhecer a superfície – então os benefícios de portabilidade não ficam muito claros. Ele ainda não deve ser muito melhor que um teclado laser, tecnologia que ainda não pegou. De qualquer forma, é uma ideia interessante. [The Register]

Vídeo: