A atriz e produtora Viola Davis será uma das homenageadas do Festival de Cinema de Cannes deste ano, com o prêmio Women In Motion. Em comunicado enviado à revista Variety na última segunda-feira (9), os organizadores do evento francês explicam que ela merece reconhecimento “por seus papéis de atuação e por seu compromisso com os direitos das minorias”.

Os organizadores do Festival elogiaram seu “ativismo e conquistas”, observando que ela “pediu regularmente por uma maior inclusão na indústria cinematográfica, fazendo campanha por questões de gênero”. A atriz também luta contra a pobreza com o “Hunger Is”, que arrecada alimentos para comunidades vulneráveis.

“Uma das atrizes e produtoras americanas mais influentes de seu tempo”, nas palavras da organização do Festival, Davis “é uma das poucas personalidades de Hollywood que ganhou um Globo de Ouro, um BAFTA, quatro SAG Awards, dois Tony Awards, um Oscar e um Emmy”.  

Viola Davis deve receber a homenagem durante um jantar durante o Festival de Cannes, marcado para 22 de maio. 

O prêmio foi lançado em 2015, destacando a criatividade e singularidade de mulheres que contribuem para transformar a sociedade, através da arte e da cultura. Salma Hayek foi quem recebeu o último Women In Motion, em 2021. Antes dela, vários nomes foram homenageados, como: Gong Li em 2019, Patty Jenkins em 2018, Isabelle Huppert em 2017, Geena Davis e Susan Sarandon em 2016, e Jane Fonda em 2015.

Viola Davis aparece na série da “The First Lady”, na qual interpreta Michelle Obama. Recentemente ela publicou sua autobiografia, “Finding Me”, escrita durante a pandemia, que relata suas experiências de infância em um ambiente desprivilegiado em Saint Matthews, na Carolina do Sul, nos Estados Unidos.