O relógio de pulso Kisai On Air não é repleto de apps ou funções que estraguem seu minimalismo. Mas ele tem uma touchscreen LCD colorida, com retroiluminação LED, que permite configurar hora, data e alarme através do toque. Você até o destrava deslizando o dedo, como em um smartphone!

O Kisai On Air mostra as horas de uma forma bem esperta: o ponteiro que indica as horas contém um número; este número são os minutos. Então se tem um 45 apontando para as 11 horas, são 11h45. Tem um 18 apontando para as 6 horas? São 6h18. Simples, elegante e funcional – ao contrário de outros relógios da Tokyo Flash.

E eu gostei do Kisai On Air porque ele me lembra do belíssimo Infinity, feito por Levi Maestro e Shayan Afshar, que tem tudo de um relógio mas não mostra as horas – porque é uma pulseira. Sim, ele é incrível, mas não dá pra justificar o gasto de dinheiro em uma ironia hipster que sai a US$350. Um relógio de pulso minimalista, no entanto, pode valer o dinheiro gasto: aos incautos, ele parece um relógio que não funciona – mas ah, ele funciona. US$200. [Tokyo Flash]