Lançado há pouco mais de um mês, o Windows 11 estreou com uma série de aplicativos com interface renovada. No entanto, a primeira versão do sistema operacional não possui o Windows Media Player, reprodutor de arquivos de vídeo e música que estava presente desde 1991 em versões antigas do Windows.

A boa notícia para os fãs mais nostálgicos é que uma versão repaginada do programa já está disponível. Ela está sendo testada em primeira mão pelos integrantes do programa Windows Insider, que permite que usuários tenham acesso antecipado a recursos e atualizações de software.

“Projetamos o novo Media Player para tornar mais agradável ouvir e assistir seu conteúdo multimídia no Windows 11 e estamos muito animados em apresentá-lo a todos vocês”, afirma Dave Grochocki, Gerente da Microsoft, em texto publicado no blog da Microsoft.

Pelas imagens divulgadas pela empresa, o novo aplicativo chama a atenção pelo visual, que tem uma pegada mais moderna, seguindo a estética visual do Windows 11. A verdade é que o Media Player não é muito querido pelos usuários do sistema da Microsoft, que preferem outros programas para reproduzir mídia — como o popular VLC Media Player.

Ainda não há previsão de quando o aplicativo será lançado para todos os usuários, porque o software não está totalmente finalizado e apresenta alguns bugs na atual versão. Além disso, estão sendo adicionados novos recursos ao programa para melhorar a experiência dos usuários.

Assine a newsletter do Gizmodo

O Media Player deve substituir o Groove Música, aplicativo para reprodução de arquivos de áudio lançado na primeira versão do Windows 8, mas, ao que parece, não pretensões de ocupar os apps Filmes e TV e o clássico Windows Media Player. Esses dois últimos ainda ficarão disponíveis no sistema, embora o novo Media Player cumpra suas funções.