O Windows Phone vem ocupando telas maiores a cada dia. No ano passado, ele ganhou suporte a displays de 5 e 6 polegadas com a atualização GDR3. E agora, na versão 8.1 GDR1, ele pode rodar em telas de até 7 polegadas.

Como nota o Ars Technica, a Microsoft pode estar se preparando para levar o Windows Phone a tablets. A pista? O sistema também ganhou suporte a NTP.



Trata-se de um protocolo para sincronizar a data e hora do Windows Phone com um servidor. Normalmente, é a operadora de celular que fornece esses dados, por isso o NTP é meio supérfluo em celulares… mas não em tablets Wi-Fi.

Ouvimos rumores de que, no futuro, o Windows Phone poderá até mesmo chegar a telas de 10 polegadas. Isso se encaixa com a estratégia da Microsoft, de “um único” Windows para todos os tamanhos de tela.

Esta não é a única novidade do Windows Phone 8.1 GDR1. Entre os detalhes listados por Paul Thurrott, os mais visíveis são o bloco dinâmico da Loja, e o suporte a pastas na tela Iniciar – basta arrastar um bloco para cima do outro. (A Nokia criou o app “Pasta de Aplicativos” para fazer isso, mas ele não funciona tão bem; agora, a função estará embutida no sistema.)

Windows Phones também terão suporte a capinhas inteligentes. O celular rodará apps especiais quando elas estiverem fechadas – para exibir informações em parte da tela, por exemplo – e poderá ligar a tela quando a capa for aberta. Além disso, o sistema ganhou suporte a compressão, para caber em dispositivos com até 4 GB de espaço; e recebeu algumas melhoras no desempenho.

Alguns desses detalhes já foram confirmados pela Microsoft, mas a empresa não diz quando o GDR1 estará disponível para as fabricantes (e os usuários). Paul Thurrott diz que ele será distribuído como Developer Preview em agosto, mas só deve chegar a todos no final do ano. [Winsupersite via Ars Technica]