A Xiaomi, gigante chinesa de celulares, e o Uber, app que conecta motoristas particulares a passageiros, anunciam hoje uma parceria um tanto inusitada: compre um Xiaomi Mi Note diretamente do app Uber. O primeiro evento de vendas acontece na próxima segunda-feira, apenas na Singapura e Malásia.

Hugo Barra, vice-presidente internacional da Xiaomi, anunciou a parceria em sua página do Facebook. Ele explica que a compra pelo app do Uber é tão simples quanto pedir um carro:

Comprar um Mi Note segue exatamente o mesmo processo que chamar um Uber – basta abrir o app do Uber, usar o controle deslizante na parte inferior para selecionar “Xiaomi”… e tocar em Solicitar. O pagamento será cobrado diretamente no cartão de crédito vinculado à sua conta Uber, e um Mi Note será entregue a você dentro de alguns minutos. Bem legal, né?

Os interessados poderão comprar o Mi Note de tela de 5,7 polegadas e processador Qualcomm Snapdragon 801 exclusivamente na próxima segunda-feira (27), o que, de acordo com o presidente, é a primeira colaboração do tipo entre duas startups de tecnologia. O post de Barra, no entanto, não explica se o usuário poderá escolher modelos do aparelho — o Mi Note é vendido com memória interna de 16 GB ou 64 GB.

Teremos algo parecido por aqui? Provavelmente não, mas isto seria interessante para as duas empresas. O Uber busca aprovação da população na presente guerra que crava contra os taxistas brasileiros; e a Xiaomi ainda trabalha com vendas relâmpago que acontecem uma vez por semana — o próximo evento de vendas ocorre no dia 30.

Não é a primeira vez (e dificilmente será a última) que o Uber experimenta com entregas e outros serviços. Em fevereiro, estreou em Barcelona o UberEats, um serviço de delivery de refeições; e desde o ano passado, a empresa trabalha com o UberFresh, outro serviço de entrega de refeições exclusivo para Los Angeles.

Enquanto isso, o UberRUSH é um serviço de frete de produtos nos EUA que até a Amazon já usou para entregas; o UberBoat é um serviço de aluguel de barcos, exclusivo para Istambul, na Turquia; e o Uber Jet ofereceu por algum tempo aluguel de aviões particulares.

[Facebook]