Ei você, que comprou um smartphone e está usando internet no pré-pago: a promoção TIM Infinity Pré por 50 centavos ao dia acaba em 15 de novembro. Depois desse dia, o custo salta para R$15,36 por megabyte. Você ainda pode adquirir um plano de dados no pré-pago, a partir de R$34,90 por mês. E voltamos à pergunta: vale a pena comprar um smartphone no pré-pago?

Nós defendemos há algum tempo que smartphones sem plano de dados são bobagem: a menos que você tenha acesso quase constante a Wi-Fi, você não vai usar o aparelho em todo o seu potencial e ainda vai pagar caro por ele (no pós-pago ele tem desconto). A situação mudou um pouco desde então: os smartphones ficaram mais baratos, e com o TIM Infinity Pré – que oferece internet no pré-pago a 50 centavos por dia – adquirir um plano pós-pago não é tão essencial como no passado.

O que recomendávamos como alternativa a um smartphone: compre um celular simples e um iPod Touch para navegar via Wi-Fi. A dica ainda vale se o smartphone que você estiver de olho for muito caro no pré-pago – desembolsar R$1.800 num iPhone 4, por exemplo, ainda é bobagem. Mas hoje bons smartphones têm preços competitivos: o Milestone, por exemplo, já foi vendido pela TIM a R$899 – como um iPod Touch da nova geração custa pelo menos R$749, comprar o smartphone no pré-pago pode ser uma boa opção.

E com a oferta da TIM, você ainda pode usar o 3G no seu smartphone pagando só R$0,50 por dia (se em um dia você não usar, não paga), mas a promoção acaba em 15 de novembro – ela duraria até 31/10, mas foi prorrogada. Aí você terá que escolher: ou adquire um dos pacotes de internet para pré-pagos da TIM – que ainda oferece os melhores preços (a Vivo cobra caro demais no pré-pago), ou paga absurdos R$15,36 por megabyte, ou só usa internet via Wi-Fi. O que você vai fazer? [Tecnoblog]