O iPad mini chegou. Ele é um tablet de 7,9″ bonito, fino e leve feito de alumínio anodizado e vidro que segue o formato reduzido apresentado antes por Google e Amazon. Essa coisa é realmente bacana. Bem leve e fino, com 308g e 7,2 mm, respectivamente.

Segue tudo o que você precisa saber dele.

A tela

O iPad Mini tem uma superfície maior que o Nexus 7 ou o Kindle Fire HD: 7,9″ contra 7″. Lembre-se de que isso é o tamanho diagonal, então a diferença é bem substancial. A área do iPad Mini é menor que a do iPad comum, mas é notavelmente maior que os tablets Android de 7″. Um comparativo:

iPad Mini comparado.

Na realidade, a tela do iPad Mini tem 35% mais espaço que a do Nexus 7. De acordo com a Apple, isso dá a você uma superfície 50% maior para navegar na web em modo retrato (com o tablet na vertical) e 67% maior em modo paisagem (na horizontal).

Não dá para saber se a diferença de tamanho afetará a decisão do consumidor. Meu palpite é de que sim, se os consumidores acharem que o preço é competitivo o bastante. Todos os recursos e o design mais requintado, fino e leve valem a diferença de preço para um Kindle Fire HD? US$ 130 é bastante dinheiro.

A resolução é de 1024×768. Não é tão denso quando a do iPad 3 e 4, mas nesse tamanho a tela será bem mais definida do que as de gerações anteriores.

Especificações físicas

O iPad Mini é um projeto todo de alumínio anodizado, como o iPhone 5. O Nexus 7 é feito de plástico, enquanto o Kindle Fire HD tem a parte de trás emborrachada, bem boa de segurar. Como o iPhone, também, ele vem nas cores preto e branco.

Ele é bem leve e fino. Como um bloquinho de anotações, segundo analogia da Apple: apenas 308 gramas e 7,2 milímetros de espessura. Isso é 53% mais leve que o iPad de quarta geração. E ele se sai muito bem no combate direto com o Nexus 7, que tem 340g e 10,4mm de espessura.

Novos iPad Mini.

Conectividade

Alguns modelos vêm com conectividade LTE (4G), como o Kindle Fire HD de 8,9″. Mas eles são bem mais caros. O Fire HD normal comparável e o Nexus 7 só entregam Wi-Fi.

Naturalmente, ele se conecta a redes Wi-Fi nos padrões 802.11a/b/g/n e Bluetooth (como os modelos do Google e da Amazon).

Como todos os últimos dispositivos iOS, ele também usa o conector Lightning.

Entranhas

Basicamente, ele é um iPad 2 reduzido. Ele usa o mesmo processador dual-core A5 e provavelmente vem com a mesma quantidade de RAM do modelo antigo: 512 MB. A Apple diz que ele tem praticamente as mesmas (ou melhores) especificações internas em uma embalagem reduzida (com exceção das câmeras e do conector Lightning). Tanto o Fire HD, quanto o Nexus 7 vêm com 1 GB de RAM. Teremos que esperar para ter certeza de quanto de RAM o iPad Mini tem, porém. Talvez isso também tenha sido melhorado.

Armazenamento

Como todos os iPads, ele vem em sabores de 16, 32 e 64 GB.

Autonomia

A Apple promete uma autonomia de 10 horas navegando na web via Wi-Fi, assistindo a vídeos ou ouvindo música usando a sua bateria de recarregável de polímero de lítio de 16,3 watt-hora.

O Nexus 7 chega, segundo o Google, a 8 horas de trabalho initerrupto. A Amazon diz que o Fire HD aguenta 11 horas.

Câmeras

Ele tem uma câmera FaceTime HD, que é melhor que a do iPad 2. Ela é comparável à do Nexus 7, que também tem 1,2 MP. O iPad tem um sensor retroiluminado e, como seu irmão mais velho, tem suporte à detecção de rostos.

Como o iPad maior, ele vem com uma câmera de 5 MP atrás. Isso é algo que nem o Nexus 7, nem o Kindle Fire HD, têm.

Preço e disponibilidade

Se você estava esprando por um preço de partida de US$ 250, que chato. O iPad Mini inicia em US$ 329 para a versão com somente Wi-Fi e 16 GB de espaço. Os modelos de 32 e 64 GB custam, respectivamente, US$ 429 e US$ 529. Se quiser conectividade 4G/LTE, terá que pagar US$ 130 a mais. Todos esses preços e os que vêm a seguir, claro, dos Estados Unidos; por aqui ainda não sabemos quanto ele custará, mas é praticamente certo que o 4G não seja compatível com o padrão brasileiro.

Kindle Fire HD e Nexus 7 não suporta LTE — se você quiser o Fire HD com LTE, terá que optar pelo modelo de 8,9″ com 32 GB que concorre com o iPad 4 e custa US$ 499. Nos modelos Wi-Fi, porém, os tablets com Android têm preços muito mais amigos do bolso, principalmente o Fire HD que começa em US$ 199 para o modelo de 16 GB. O Nexus 7 de US$ 199 vem com apenas 8 GB.

Nos países selecionados para receberem o iPad Mini nessa primeira leva, a pré-venda começa nesta sexta, 26 de outubro. Quem comprar recebe o produto na sexta seguinte, dia 2 de novembro. As versões 4G chegam primeiro aos EUA, duas semanas depois dessa data. Ao resto do mundo, as datas ainda serão anunciadas.

O iPad 2 permanece à venda por US$ 399, aliás. O iPad 3 saiu de linha e foi substituído pelo novo modelo de quarta geração, com preços começando em US$ 499.