A Apple apresentou a nova geração de seu smartphone: o iPhone 7. O jeitão do aparelho é o mesmo da geração anterior e segue a mesma lógica: teremos um iPhone 7 (com tela de 4,7 polegadas) e um iPhone 7 Plus (com tela de 5,5 polegadas).

Apple Watch Series 2 traz GPS embutido, tela mais brilhante e design à prova d’água
Mario está a caminho dos smartphones em Super Mario Run, que sai em 2016 para iOS

comparacao-iphone7plus

Comparação entre o iPhone 7 Plus (maior e com duas câmeras na traseira) e o iPhone 7

As principais mudanças nesta nova geração estão na câmera, no botão Home, no fim da entrada de fone de ouvido tradicional e pelo fato de ser resistente à água.

Especificações

Vamos começar pelas câmeras, um dos itens mais destacados pela Apple durante a apresentação. Tanto o iPhone 7 como o iPhone 7 Plus têm estabilização óptica de imagem e lente com abertura f/1.8 para fotos melhores em pouca luz.

A Apple também reformulou o flash para torná-lo mais intenso, e agora usa um processador de imagem capaz de realizar 100 bilhões de operações em apenas 25 milissegundos. Além disso, com o iOS 10, você pode finalmente capturar fotos em RAW.

Apenas o iPhone 7 Plus, no entanto, tem duas câmeras. Uma delas tem lente normal a outra possui lente telefoto. Este sistema dá a base para o recurso de zoom óptico no iPhone.

detalhe-camera-iphone7plus

O app da câmera tem um novo botão para ampliar em 2x instantaneamente com apenas um toque. Depois de 2x, no entanto, o zoom ainda se baseia em software. Mas por causa da nova lente teleobjetiva, as imagens ficam muito mais nítidas do que antes.

A câmera dupla também cria algo semelhante a aprendizagem de máquina e gera um mapa de profundidade. Depois de selecionar o novo modo “retrato” no app da câmera, você verá imediatamente o efeito de profundidade em tempo real.

A câmera frontal, por sua vez, vem com um sensor de 7 megapixels com abertura f/2.2.

O botão Home agora conta com a mesma tecnologia presente no touchpad dos novos MacBooks. Com a tecnologia tactic feedback, os usuários poderão receber um pequeno empurrão no dedo como forma de interação.

Algo polêmico quanto ao iPhone 7 é a remoção da entrada analógica para fone de ouvido. Tudo será feito por meio da porta Lightning, também usada para carregar o aparelho. Ele virá com um EarPod para a porta Lightning e também com um adaptador, permitindo que o usuário conecte seu fone convencional ao aparelho.

utct0nq89rwo4xedk5p8

Outra novidade é o processador: o A10 Fusion é quad-core com arquitetura de 64 bits. Dois núcleos são para alta performance, enquanto os outros dois são de alta eficiência. Os primeiros tratam de processar atividades mais pesadas, enquanto os segundos tratam de operações mais leves.

Isso tudo, segundo a Apple, faz com que o novo iPhone 7 seja 40% mais rápido que o 6s. O chip gráfico dos novos aparelhos também recebeu melhorias: a companhia diz que o processamento gráfico é 50% mais rápido que a de seu antecessor. Parece interessante, mas temos de ver na prática.

hdezajyjs01v3rfbwdkb

Sobre a bateria, a Apple falou por cima sobre o assunto, apenas comparando o novo modelo com o anterior. O iPhone 7 e o 7 Plus têm uma autonomia de 12 e 13 horas, respectivamente, de navegação seguida em uma rede 4G — isso equivale a duas horas a mais que o iPhone 6s e uma hora a mais que o 6s Plus.

Preço e disponibilidade

Os aparelhos estarão disponíveis para pré-venda nesta sexta-feira (9) nos Estados Unidos e chegarão às lojas no dia 16 de setembro. Algo interessante nesses novos modelos é que a Apple acabou com a versão de 16 GB. Agora, as opções de armazenamento são: 32 GB, 128 GB e 256 GB.

O iPhone 7 contará com as seguintes versões: 32 GB (US$ 649), 128 GB (US$ 749) e 256 GB (US$ 849). Já o iPhone 7 Plus terá as mesmas opções: 32 GB (US$ 769), 128 GB (US$ 869) e 256 GB (US$ 969).

Os novos aparelhos têm cinco opções de cor: rose gold, gold, silver, black e jet black. Esta última, em específico, conta com um acabamento anodizado e polimento no corpo do aparelho, deixando-o mais brilhante. Além disso, esta cor só estará disponível nas versões de 128 GB e 256 GB.

iphone7plus-cores

Opções de cores do iPhone 7 Plus

A primeira leva de países a receber os novos aparelhos no dia 16 de setembro serão: Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, China, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Hong Kong, Irlanda, Itália, Japão, Luxemburgo, México, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Porto Rico, Singapura, Espanha, Suécia, Suíça, Taiwan, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido e Estados Unidos.

Caso a Apple mantenha a tradição, o novo iPhone deve chegar ao Brasil apenas entre novembro e dezembro.

Atualizado às 17h14. Colaborou: Felipe Ventura.