A Boston Dynamics divulgou um novo vídeo mostrando a versão mais recente do robô humanoide Atlas – e ele ficou ainda mais impressionante.

>>> Robôs da Boston Dynamics em ação deixam qualquer um com medo do futuro

O destaque nesta nova versão é o equilíbrio incrível que o Atlas alcança. Eu nunca vi um robô humanoide com esse tipo de agilidade. E sua conquista mais incrível? Ele pode se levantar depois de cair.

A Boston Dynamics é uma subsidiária da Alphabet, assim como o Google. Ela explica:

A nova versão do Atlas foi projetada para operar ao ar livre e no interior de edifícios. Ele é impulsionado eletricamente e hidraulicamente. Ele usa sensores no corpo e nas pernas para equilíbrio, além de LIDAR e sensores estéreo na cabeça para evitar obstáculos, avaliar o terreno e ajudar na navegação. Esta versão do Atlas tem 1,75 m de altura e pesa 82 kg.

Quando eu estive em Pomona, Califórnia para o DARPA Robotics Challenge no ano passado, uma das coisas mais difíceis que todas as equipes concorrentes enfrentaram era simplesmente manter seus robôs na posição vertical.

Muitas equipes usaram o corpo da Atlas (com software e alterações próprias) e sempre que uma versão do robô caía, a equipe tinha que reiniciar o robô e colocá-lo no início da pista.

Não mais! Esta versão do Atlas não só pode andar em terrenos acidentados, como pode se agachar e pegar caixas. Você pode até mesmo empurrar o Atlas violentamente com um taco de hóquei, e ele vai manter o equilíbrio.

Reunimos os principais momentos do novo Atlas nos GIFs a seguir.

O robô pega caixas de 4,5 kg e as coloca em uma prateleira:

atlas humanoide vinganca menor (1)

Ele pode ser empurrado com um taco de hóquei e manter o equilíbrio:

atlas humanoide vinganca (1)

Ele se levanta após uma queda:

atlas humanoide vinganca menor (3)

Lembra quando os raptors aprenderam a abrir portas em Jurassic Park?

atlas humanoide vinganca menor (4)

Eu só espero que os futuros livros de história não se refiram a esses momentos como o início da revolução dos robôs.

Você pode assistir o vídeo completo da Boston Dynamics abaixo: