Há quarenta e cinco anos, um ser humano pisou pela primeira vez na Lua. Apesar de décadas em saltos surpreendentes na tecnologia, só 11 outras pessoas fizeram isso – e todas voaram em uma missão Apollo da NASA.

>>> Por que Neil Armstrong foi o primeiro homem a pisar na Lua?

Apollo 11 (20 de julho de 1969)

Neil Armstrong (05 de agosto de 1930 – 25 de agosto de 2012)

Cerca de seis horas após o módulo lunar Eagle da Apollo 11 pousar na Lua, no Mar da Tranquilidade, Neil Armstrong falou o que é sem dúvida uma das frases mais famosas da história da civilização: “é um pequeno passo para o homem, mas um enorme salto para a humanidade” (ou algo assim).

Depois que se aposentou da NASA, Armstrong lecionou engenharia aeroespacial na Universidade de Cincinnati, investigou acidentes de voos espaciais, e atuou como porta-voz de várias empresas. Armstrong faleceu em 2012.

Edwin “Buzz” Aldrin (nascido em 20 de janeiro de 1930)

Junto a Armstrong, Buzz Aldrin também pisou na lua durante a missão Apollo 11, mas toda a caminhada lunar durou apenas 2,5 horas. A missão deixou para trás uma placa que incluía a mensagem “Nós viemos em paz por toda a humanidade”, entre outras coisas.

Antes de sair do módulo lunar Eagle naquele dia, Aldrin pediu um momento de silêncio a todos ouvindo a transmissão, e em seguida realizou em silêncio uma cerimônia de comunhão, ingerindo pão e vinho. Ele participava da igreja presbiteriana Webster.

Armstrong foi o primeiro a pisar na Lua, mas Aldrin foi o primeiro a urinar enquanto estava na superfície da Lua (dentro do traje espacial, claro).

>>> O que aconteceu com as bandeiras deixadas na Lua?

Apollo 12 (19 de novembro de 1969)

Charles P. “Pete” Conrad (2 de junho de 1930 – 08 de julho de 1999)

Conrad deixou o módulo lunar Intrepid da Apollo 12 e passou 7h26min em sua EVA (atividade extraveicular). Durante sua excursão, Conrad fez um experimento de vento solar, implementou uma antena de banda-S e coletou amostras.

Depois que Conrad se aposentou da Marinha em 1973, ele trabalhou para empresas privadas, incluindo a McDonnell Douglas, de 1976 até os anos 1990. Conrad faleceu em 1999.

Alan Bean (nascido em 15 de marco de 1932)

Durante a missão Apollo 12, Bean passou 6h25min caminhando na superfície da Lua. Bean iria instalar uma câmera de televisão, mas depois que ele a expôs acidentalmente ao sol, ela parou de funcionar. Ele conseguiu, no entanto, coletar com sucesso uma amostra cilíndrica da superfície da Lua, com 40 cm de comprimento.

Após se aposentar do programa de astronautas, Bean continuou na NASA até 1981, como chefe civil das Operações e Grupo de Treinamento para Candidatos a Astronauta. Depois ele se tornou um artista, fazendo pinturas com temas espaciais.

Apollo 14 (5-6 de fevereiro de 1971)

Os astronautas a bordo do Antares, módulo lunar da Apollo 14, fizeram duas caminhadas lunares.

Alan Shepard, Jr. (18 de novembro de 1923 – 21 de julho de 1998)

O Antares fez o pouso mais preciso de todos os módulos lunares até aquele momento. Mas, devido a problemas de comunicação, as primeiras caminhadas lunares começaram com quase uma hora de atraso. No entanto, Shepard passou 4h49min na Lua no primeiro dia. Ele passou mais tempo na superfície da Lua durante sua segunda caminhada, e por isso detém um “recorde de distância percorrida” – cerca de 2.740 m.

Após Shepard se aposentar da NASA em 1974, ele atuou como membro da diretoria em muitas empresas. Ele também comandou uma empresa própria, a Seven Fourteen Enterprises. Shepard faleceu em 1998.

Edgar Mitchell (nascido em 17 de setembro de 1930)

Edgar Mitchell deixou o módulo lunar pela primeira vez na manhã do dia 6 de fevereiro. Ele passou 4h35min na superfície da Lua, acompanhando a segunda caminhada lunar de Alan Shepard. Os dois recolheram 43 kg de solo e rochas lunares durante a missão.

Desde que deixou a NASA em 1972, Mitchell seguiu seus interesses em experiências paranormais, e fundou o Instituto de Ciências Noéticas (IONS). Ele é um defensor ferrenho da teoria de que OVNIs e extraterrestres visitaram a Terra, mas que vários governos escondem a verdade.

Apollo 15 (31 de julho – 2 de agosto de 1971)

A Apollo 15 foi a primeira missão a usar um rover lunar, e teve astronautas na superfície da Lua por três dias.

David R. Scott (nascido em 06 de junho de 1932)

Durante os três períodos separados de atividade extraveicular, Scott passou 18h37min na superfície lunar, incluindo 28 km pilotando o rover lunar. Ele esteve junto a James Irwin.

Depois que Scott deixou a vida de astronauta, ele se tornou diretor do Flight Research Center da NASA entre 1975 e 1977. Depois, ele trabalhou como consultor para o filme Apollo 13 e para a minissérie Da Terra até a Lua, da HBO.

James Irwin (17 de março de 1930 – 08 de agosto de 1991)

Junto a Scott, durante suas 18 horas fora do módulo lunar na Lua, Irwin ajudou a coletar quase 80 kg de amostras, incluindo uma amostra do núcleo obtida a 3 m abaixo da superfície.

Irwin deixou a NASA em 1972 e dedicou-se à sua fé, o cristianismo, através de uma organização que ele fundou, a High Flight Foundation. Ele liderou várias expedições mal sucedidas ao Monte Ararat, na Turquia, para procurar evidências arqueológicas da Arca de Noé. Irwin faleceu em 1991.

Apollo 16 (20-23 de abril de 1972)

Charles Duke (nascido em 03 de outubro de 1935)

Junto a John Young, Duke passou pouco mais de 71 horas na superfície lunar, e suas três atividades extraveiculares (EVAs) duraram 20h14min. Durante a primeira viagem, que durou 7h11min, os astronautas exploraram duas crateras e coletaram amostras. A terceira EVA da Apollo 16 foi interrompida antes da hora, mas incluiu uma excursão a mais três crateras.

Duke aposentou-se da NASA em 1975, e tornou-se um cristão dedicado a ministrar sua religião em presídios.

John Young (nascido em 24 de setembro de 1930)

Em sua primeira EVA, Young e Duke viajaram por 4 km em seu rover lunar. Durante seu segundo EVA, que durou 7h23min, eles conduziram o veículo lunar por 11 km até Stone Mountain, perto das Cinco Crateras, para coletar amostras.

John pilotou dois ônibus espaciais após a missão Apollo 16, e só se aposentou da NASA em 2004.

Apollo 17 (12-13 de dezembro de 1972)

Harrison H. Schmitt (nascido em 03 de julho de 1935)

Schmitt foi o único geólogo entre os astronautas da Apollo, e uma das amostras coletadas por ele, o troctolito 76535, foi descrito como “sem dúvida a amostra mais interessante que veio da Lua”, em grande parte porque sugere que o satélite já teve um campo magnético no passado.

Depois de deixar a NASA em 1975, Schmitt cumpriu um mandato como senador dos EUA, e desde então vem trabalhando em negócios e geologia. Schmitt foi a penúltima pessoa a pisar na superfície da Lua.

Eugene Cernan (nascido em 14 de marco de 1934)

As três EVAs da Apollo 17 somaram um total de 22h4min. Cernan foi o primeiro a sair do módulo lunar no dia 12, e sua primeira EVA durou 7h12min. A segunda EVA durou um pouco mais: 7h37min. A última teve cerca de 7h15min.

Cernan se aposentou da Marinha americana e da NASA em 1976 e passou a trabalhar para empresas privadas. Ele também já esteve em programas de TV no canal americano ABC News. Ele foi a última pessoa a pisar na Lua.


Melissa escreve para o site TodayIFoundOut.com, com muitos fatos interessantes. Clique aqui para assinar a newsletter “Conhecimento Diário”, ou curta a página no Facebook aqui.

Este post foi republicado com permissão do TodayIFoundOut.com.

Foto por NASA/Buzz Aldrin/Wikipedia