Que financiapocalipse que nada! A Torre Xangai, projetada para alcançar incríveis 632 metros quando completa, foi apresentada neste fim de semana. Com o seu zênite 140 metros mais alto que o Edifício Mori (atualmente o observatório mais alto do mundo), ela terá a honra de ser o edifício mais alto da China.

A Torre Xangai é organizada como nove edifícios cilíndricos empilhados um sobre o outro com uma dupla camada na parte externa. A camada externa tem formato triangular e torce conforme fica mais alta. Projetada pela firma Gensler, de São Francisco, a torre acomodará escritórios, um hotel de luxo, nove jardins suspensos e diversos centros culturais e de compras, além da nova estação de metrô de Xangai.

Muita gente por aqui está dizendo que, independente de quão ruim a situação econômica possa ficar, as chances deste projeto perder o seu financiamento são bem pequenas. Ironicamente, isto provavelmente se deve ao Edifício Mori, cuja construção foi interrompida no meio por causa da Crise Financeira Asiática – mesmo que a Torre Xangai seja um fundo perdido de dinheiro, é impossível conceber os chineses deixarem uma construção japonesa dominar o seu solo. [The Design Blog]