Quase todo smartphone vem com um aplicativo de anotações. O problema é que são raros os aplicativos de anotações nativos realmente bons, sem contar as dificuldades para acessar as notas em outros aparelhos.

O Evernote costumava ser disparado a melhor opção (e é mesmo um ótimo app), mas passou a limitar seu plano grátis a apenas dois aparelhos, o que pode atrapalhar algumas pessoas. Por isso, buscamos algumas alternativas: Simplenote, OneNote e Joplin.

Simplenote

Feito pela Automattic, a mesma empresa por trás do WordPress, o Simplenote é, como o próprio nome diz, simples. Você não tem opção de criar cadernos, apenas colocar tags nas suas anotações. A formatação é toda feita usando Markdown.

Por outro lado, o Simplenote funciona muito bem para anotações rápidas, pode ser usado em praticamente todos os dispositivos, independente de sistema, conta com sincronização automática e é totalmente gratuito. O Markdown é bastante fácil de usar e oferece opções de links e imagens (desde que elas estejam hospedadas em algum lugar da internet).

Um recurso bacana é que, a qualquer momento, você pode exportar suas notas e baixar um arquivo zipado com tudo. Se quiser recolocá-las no aplicativo ou criar outra conta, basta importá-las novamente.

Se você procura uma opção para anotar rapidamente coisas simples e acessá-las de qualquer lugar a qualquer hora, vale a pena testar o Simplenote.

Simplenote: Android | iOS | Windows | macOS | Linux | web

OneNote

O OneNote é famoso, mas muita gente nunca deu a devida atenção a ele. O aplicativo de anotações da Microsoft é bem completo e pode ser um bom substituto para o Evernote, com seus cadernos, seções e páginas para manter conteúdos organizados.

Além disso, ele também permite fazer desenhos na tela, distribuir os textos livremente pela página e inserir formas como retângulos, círculos e setas. Assim, se você é uma pessoa mais visual, consegue explorar esses recursos para organizar ideias e pensamentos. Se você prefere algo mais simples, porém, dá para só escrever ou ainda recorrer às Sticky Notes, que parecem uma versão digital das famosas notas autoadesivas.

Já faz um tempo que a Microsoft dedica esforços a disponibilizar seus produtos para outras plataformas. Por isso, o OneNote pode ser usado tanto no Windows quanto na web, no Android, no iOS e no macOS. Se você quer um aplicativo poderoso, ele é uma ótima opção.

OneNote: Windows | Android | iOS | macOS | web

Assine a newsletter do Gizmodo

Joplin

O Joplin provavelmente é o menos conhecido dessa lista, mas ele tem suas virtudes. O programa é totalmente gratuito e de código aberto, com suporte para várias plataformas — isso inclui um web clipper e até uma versão para terminal. Com o Joplin, você organiza suas notas em cadernos e pode recorrer a formatação tanto com ferramentas visuais quanto pelo código Markdown.

Por outro lado, ele é só um aplicativo mesmo, sem um serviço por trás. Isso quer dizer que, para sincronizar suas anotações, você precisa conectar uma nuvem nele — o OneDrive da Microsoft e o Dropbox servem, e há até opções mais avançadas, como o NextCloud. Se você quer um aplicativo com bastante potencial, o Joplin merece sua atenção.

Joplin: Windows, macOS e Linux | Android | iOS