5 filmes que escancaram o perigo de uma guerra

A guerra entre Rússia e Ucrânia mexeu com a sensibilidade mundial. Trazemos aqui uma lista de filmes para compreender os perigos dessa violência
Filmes Guerra
Imagem: Divulgação/Reprodução

A guerra entre Rússia e Ucrânia fez com que os olhos do mundo se voltassem completamente para essa região do planeta. O conflito pode se alastrar por toda a Europa, além do risco de ser algo maior, pois a Rússia conta com um gigantesco arsenal nuclear. 

whatsapp invite banner

E quando o assunto é guerra, o que não faltam são filmes sobre a temática, pois há muito o que se explicar em tramas desse tipo. Graças a registros históricos bem conservados, há possibilidades de contar diversas versões de um mesmo acontecimento, em diferentes desdobramentos e sob óticas distintas. 

E para a nossa sorte, a produção audiovisual tratou de deixar tudo bem mastigadinho por meio de vários filmes, séries e documentários. Pensando nisso, separamos cinco produções que mostram os perigos e as consequências que uma guerra traz. Confira: 

Corações de Ferro

“Corações de Ferro” já saiu e entrou no catálogo da Netflix inúmeras vezes, mas é sempre uma boa pedida para quem curte tramas de guerra. Apesar de parecer repetitivo para quem já assistiu diversos outros filmes com a mesma temática, este tem como diferencial o seu elenco de peso e o conceito de “família” que os soldados em batalha acabam adotando um com o outro. Liderado pelo sargento Don (Brad Pitt), cinco soldados são encarregados de aniquilar os nazistas numa missão praticamente mortal —isso tudo com um soldado inexperiente e sensível, Norman (Logan Lerman).

Até o Último Homem

Em “Até o Último Homem”, Mel Gibson traz um olhar mais sensível para a história de Desmond Doss, ex-soldado e socorrista do Exército dos Estados Unidos que aqui é interpretado por Andrew Garfield. Cristão da Igreja Adventista do Sétimo Dia, Doss ficou conhecido por se recusar a portar ou usar uma arma de fogo de qualquer espécie, e mesmo tendo suas convicções questionadas pelo restante da equipe, manteve-se fiel a si mesmo e à sua fé durante a Segunda Guerra Mundial. O filme é bem equilibrado e consegue mostrar os dois lados da vida do soldado: tanto a vida na cidade natal, apaixonado e casando-se com a enfermeira Dorothy Schutte (Teresa Palmer); quanto na guerra, com a brutalidade de ver seus companheiros sendo atacados e até mortos.

Falcão Negro em Perigo

Ridley Scott conseguiu criar um senso de empatia inigualável em “Falcão Negro em Perigo”, fazendo com que o espectador tenha durante as duas horas e meia de filme uma experiência totalmente imersiva, acompanhando a realidade das tropas em combate. O interessante aqui também é onde e quando o filme é ambientado: outubro de 1993, durante a guerra civil da Somália. Aqui, acompanhamos uma força de elite americana que é enviada para capturar generais locais.

O Resgate do Soldado Ryan

Sim, são quase três horas de duração. No entanto, o filme é um dos favoritos da Academia e dos fãs de Steven Spielberg por não só um, mas diversos motivos. Desde a já citada cena inicial que mostra a brutal realidade dos soldados em campo, o interessante aqui é ver o cuidado com a preparação de elenco que o diretor teve com os atores, justamente para criar a antipatia dos personagens com o soldado Ryan, que após ter os irmãos mortos em combate agora é convocado para retornar para sua casa.

Bastardos Inglórios

“Bastardos Inglórios” é uma boa história de vingança contra os nazistas, ambientado numa França ocupada pela Alemanha. Acompanhamos aqui o tenente Aldo Raine, (Brad Pitt) que comanda um pelotão de soldados de origem judaica, se preparando para atacar os alemães, matando o maior número possível de nazistas. Em uma história paralela, a personagem de Mélanie Laurent, Shosanna Dreyfuss, tem o mesmo plano que será colocado em prática colocando vários nazistas em uma sala de cinema.

Rayane Moura

Rayane Moura

Rayane Moura, 26 anos, jornalista que escreve sobre cultura e temas relacionados. Fã da Marvel, já passou pela KondZilla, além de ter textos publicados em vários veículos, como Folha de São Paulo, UOL, Revista AzMina, Ponte Jornalismo, entre outros. Gosta também de falar sobre questões sociais, e dar voz para aqueles que não tem

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas