A NASA criou um novo jogo com um propósito. No Nemo-NET, os jogadores usam seus iPhone, iPad ou computador para viajar virtualmente nas profundezas do oceano, identificando e classificando todos os corais que encontram.

As imagens são tiradas de expedições marítimas da vida real, e jogar o game ajudará os cientistas a criar um mapa melhor dos corais do mundo que podem ajudar nos esforços de conservação antes que os recifes sejam eliminados.

Nos últimos anos, os cientistas do Centro de Pesquisa Ames, da NASA, no Vale do Silício, observaram os oceanos do mundo, usando novas ferramentas que corrigem a distorção óptica da água para exibir um olhar mais claro e detalhado abaixo da superfície do oceano.

Ao montar os novos instrumentos em drones e aeronaves, os cientistas obtiveram imagens em 3D de corais, algas e ervas marinhas no fundo do oceano ao longo das expedições a Porto Rico, Guam e Samoa Americana. Mas agora, os pesquisadores precisam examinar todos esses dados, que é onde o jogo entra.

No game NeMO-Net, você pode explorar as imagens dessas expedições, aprendendo sobre os diferentes tipos de corais e destacando onde elas aparecem. Ao longo do caminho, você pode ganhar distintivos e acompanhar seu progresso. O jogo possui trilha sonora ambiente e gráficos nítidos, o que é bom em um momento em que todos nós podemos usar um pouco de tempo de inatividade calmante. E também é útil para a conservação: todos os dados que os usuários geram durante o jogo ajudam a treinar um supercomputador da NASA para identificar corais por conta própria.

“O NeMO-Net aproveita a força mais poderosa do planeta: não uma câmera sofisticada ou um supercomputador, mas pessoas”, disse o investigador principal da NASA Ved Chirayath, que desenvolveu a rede neural por trás do jogo, em um comunicado. “Qualquer pessoa, mesmo a primeira série, pode jogar esse jogo e classificar esses dados para nos ajudar a mapear uma das mais formas de vida que conhecemos”.

O jogo vem em um momento importante. Os oceanos abrigam tantas espécies quanto as florestas tropicais. Eles também são cruciais para a saúde das pessoas e do planeta, porque são uma importante fonte de alimento e ajudam a regular o carbono na atmosfera, entre outras opções importantes.

Jogo NeMO, da NASA, para iPad
Crédito: NASA/Ames Research Center/Ved Chirayath

No entanto, eles também estão ameaçados por poluição, pesca excessiva e aumento da temperatura do oceano e acidificação. E os recifes de coral são alguns dos ecossistemas mais ameaçados. Apenas neste mês, os pesquisadores descobriram que toda a Grande Barreira de Corais está no meio de um evento de branqueamento sem precedentes que está acabado com os corais em todos os cantos de ecossistema.

Embora saibamos que os oceanos do mundo estão em perigo, não temos um mapa detalhado deles. O trabalho que a NASA está fazendo pode ajudar a criar um que funcione como base para a saúde dos corais. Isso, por sua vez, poderia nos ajudar a entender quais partes do oceano precisam de mais ajuda, tanto em prol da conservação da biodiversidade quanto dos bilhões de pessoas que vivem perto da costa e dependem do mar.

“Os recifes de coral são uma parte crítica do nosso sistema de suporte à vida”, disse Sylvia Earle, conservadora e colaboradora lendária do projeto, em comunicado. “Eles nos definem, definem o oceano, definem o nosso planeta”.

Você pode baixar o jogo gratuitamente para seu Mac, iPhone ou iPad. Infelizmente, não tem versão para Windows ou Android.