A Apple anunciou durante a WWDC 2019 que irá juntar os aplicativos Buscar iPhone e Buscar meus Amigos. A nova versão, chamada simplesmente de “Buscar”, agregará as funcionalidades e permitirá encontrar seus contatos, iPhones, iPads, Apple Watches, Macs, iPods e AirPods. A grande novidade, porém, é que o novo app será capaz de encontrar dispositivos offline ou que estão em repouso.

Faz nove anos que a companhia lançou o recurso “Buscar o meu iPhone” e quem já precisou dele sabe que é frustrante não conseguir ter a localização precisa do aparelho – especialmente em casos de furto e roubo, quando costumam tirar o chip do celular e ele fica sem internet.

Como localizar um iPhone, iPad ou Mac sem conexão com a internet?

Para localizar o iPhone, iPad ou Mac perdido mesmo que ele esteja offline, a Apple enviará um sinalizador Bluetooth que pode ser detectado por qualquer dispositivo da Apple que esteja nas proximidades – mesmo se eles forem de outras pessoas. Esses dispositivos retransmitem a localização do seu aparelho para o seu iCloud, indicando a localização.

A Apple garante que toda a troca de dados é anônima e criptografada. Segundo a companhia, o sinal tem pouquíssimos bits que “pegam carona no tráfego de rede existente”, o que evita consumo de energia e de franquia de dados móveis.

Mais segurança

O recurso se soma a outras funcionalidades de segurança da Apple, como o bloqueio a distância de iPhones ou iPads. Nesses dispositivos, caso um usuário indique roubo ou furto no iCloud, só é possível restaurá-los com o login e senha do dono.

Os Macs, por sua vez, não tinham essa proteção toda e formatar um computador era relativamente fácil. A partir de agora, os Macs que possuem o chip de segurança T2 (aqueles com Touch ID) também terão esse bloqueio de ativação.

O usuário só precisa entrar em sua conta iCloud por um navegador e bloquear o dispositivo. Deste modo, só será possível usar o computador com as informações de login.

As novidades do aplicativo Buscar estarão disponíveis no iOS 13, iPadOS e macOS 10.15 Catalina, que serão lançados no começo do último trimestre de 2019.

[Apple]