Aparentemente, os rumores sobre os problemas do AirPower, o gadget da Apple que carregaria múltiplos dispositivos simultaneamente, eram reais. Nesta sexta-feira (29), a empresa confirmou que não vai mais produzir o aparelho, citando como justificativa a inabilidade de cumprir altos padrões de hardware da empresa.

Caso você não se recorde, o AirPower foi anunciado no evento de lançamento do iPhone X, lá em setembro de 2017. Na ocasião, foi dito que o dispositivo carregaria toda a linha de novos produtos da empresa. Nele, você iria conseguir carregar seu iPhone X, seus AirPods e seu Apple Watch. A empresa disse que ele seria disponibilizado em 2018.

Em e-mail ao TechCrunch, primeiro site a divulgar a desistência, a Apple, em resumo, fala que eles não conseguiram tornar possível o que tinham prometido. “Após muito esforço, concluímos que o AirPower não atenderia nossos altos padrões e cancelamos o projeto. Pedimos desculpas aos consumidores que estavam aguardando este lançamento. Continuamos a acreditar que o futuro é sem fio e estamos comprometidos em melhorar a experiência de produtos sem fio”, disse Dan Riccio, vice-presidente sênior de hardware da Apple, ao site.

O TechCrunch nota que existe grande possibilidade de o cancelamento do AirPower ter ocorrido recentemente, pois nas caixas dos AirPods de segunda geração, lançados na semana retrasada, havia menções ao AirPower.

Mesmo no ano passado, no lançamento da nova linha de iPhones, a companhia nem citou o AirPower durante a apresentação, o que levantou dúvidas sobre a viabilidade do produto.

A Apple não deu muitos detalhes sobre o que deu errado. No entanto, no ano passado, um blogueiro de tecnologia, que teve acesso a fontes ligadas ao acessório, afirmou que havia um problema de gerenciamento de calor.

Isso fazia com que os aparelhos ficassem muito quentes enquanto carregavam, além de causar bugs em indicadores de nível de bateria entre dispositivos e interferências mecânicas entre as bobinas usadas para transmitir carga para aparelhos próximos.

Carregar dispositivos sem fio não é nenhum mistério. A questão aqui é que a Apple havia prometido carregar múltiplos dispositivos em apenas uma almofada e ainda fazer com que eles mostrassem nível e taxa de carregamento. Então, a empresa meio que tentou fazer algo que ninguém nunca fez direito, mas, pelo jeito, também não conseguiu. Em tempo, existem carregadores de múltiplos dispositivos, mas nada com o sistema de visualização de carregamento proposto pelo projeto da Apple.

A inviabilidade do AirPower mostra que a Apple tem tido alguns problemas na área de hardware. Recentemente, falamos da questão dos teclados borboleta, presente em MacBooks, que param de funcionar de forma apropriada por acumularem sujeira.

A Apple não costumava pedir desculpas, mas, na gestão de Tim Cook, parece que a empresa tem se habituado mais a isso. Em 2012, foi a questão do Apple Maps — que, inclusive, resultou em demissão na empresa. Mesmo na questão dos teclados borboleta, houve em um momento no ano passado em que a empresa pediu desculpas e prometeu trocar os MacBooks com teclados danificados.

[TechCrunch]