Tecnologia

Apple corrige bug do iPhone que “ressuscita” fotos excluídas há anos

Apple atualiza iOS 17.5.1 e resolve bug que fazia com que fotos reaparecessem na iPhone, mesmo se excluídas há muitos anos
Imagem: Szabo Viktor/Unsplash/Reprodução

A Apple resolveu o bug do iPhone que fazia com que fotos excluídas reaparecessem no celular. Com a atualização do iOS 17.5.1, a empresa afirmou ter corrigido diversos problemas, incluindo “um problema incomum que fazia com que as fotos corrompidas no banco de dados pudessem reaparecer na fototeca do app Fotos, mesmo se apagadas”.

whatsapp invite banner

IPhone 14 por menos de 4 mil
Apple iPhone 14 (128 GB) – Estelar
R$ 4.299

Na semana passada, usuários que atualizaram o iPhone para o iOS 17.5 reclamaram nas redes sociais que fotos excluídas estavam aparecendo novamente na biblioteca. Em uma discussão no Reddit, por exemplo, centenas de pessoas reportaram o bug, dizendo que até mesmo imagens de 2010 sofriam com o erro.

O autor da publicação original — conhecido apenas como Specialist-Fix8528 — explicou ter descoberto o bug durante uma conversa com a parceira. Ao enviar uma foto, ele viu que as últimas imagens salvas eram fotos íntimas de anos atrás, da época em que os dois viviam em casas diferentes devido à pandemia da COVID-19.

Em seguida, o usuário afirmou ter deletado as fotos há muito tempo. Mesmo assim, elas apareceram não só no iPhone, como também no iPad.

Entre as notas da atualização do iOS 17.5.1, a Apple destaca que:

“Esta atualização apresenta correções de erros importantes e aborda um problema incomum que fazia com que as fotos corrompidas no banco de dados pudessem reaparecer na fototeca do app Fotos, mesmo se apagadas.”.

As novidades do iOS 17.5

A correção faz parte do iOS 17.5, que traz diversas novidades ao sistema operacional da Apple. Disponível desde 13 de maio, a versão libera para usuários brasileiros recursos como:

  • Brilho do Orgulho: “a nova imagem de fundo para a Tela Bloqueada, Brilho do Orgulho, homenageia a comunidade e a cultura LGBTQ+”;
  • Notificações de Rastreamento: “A Detecção de Rastreamento Entre Plataformas envia notificações aos usuários caso um rastreador compatível com Bluetooth que não seja de sua propriedade seja detectado em movimento com eles, independentemente do sistema operacional com o qual o dispositivo esteja emparelhado”.

O Giz Brasil pode ganhar comissão sobre as vendas. Os preços são obtidos automaticamente por meio de uma API e podem estar defasados em relação à Amazon.
Murilo Tunholi

Murilo Tunholi

Jornalista especializado em tecnologia, jogos, entretenimento e ciência. Já passou por grandes redações do Brasil (TechTudo, Tecnoblog, Terra e Olhar Digital) e trabalhou com relações públicas e assessoria de imprensa na Theogames, atendendo à Blizzard Entertainment e mais clientes do mercado de videogames. É apaixonado pela cultura geek, música e produção de conteúdo. Nas horas vagas, é aspirante a artista marcial e cozinheiro.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas