As empresas costumam se preocupar muito com a forma que seus produtos e serviços são associados a situações positivas ou negativas. Porém, parece que a Apple leva isso extremamente a sério.

Em uma conversa com a Vanity Fair sobre o filme “Entre Facas e Segredos”, o diretor Rian Johnson revelou que a Apple permite a utilização de iPhones em filmes, desde que os vilões não apareçam com o aparelho em câmera.

(A revelação pode ser vista por volta do minuto 2:50 no vídeo abaixo.)

Conforme apontado pelo MacRumors, a Apple já é conhecida pelas suas regras restritas quando se trata de representar seus dispositivos, com diretrizes que estabelecem que seus produtos devem ser exibidos “da melhor maneira possível, de uma maneira ou contexto que reflita favoravelmente nos produtos da Apple e na Apple Inc.”

Se você gosta de tentar adivinhar os roteiros de filmes, a dica de Johnson pode ser muito útil para identificar os vilões: é só prestar atenção nos celulares utilizados pelas personagens. “Todo cineasta que tem um vilão que deveria ser um segredo em seu filme vai querer me matar agora”, brincou o diretor.

[BGR, MacRumors]