Quando desembarcou no Brasil, em abril deste ano, o Apple Pay só estava disponível para clientes do Itaú. Nesta terça-feira (14), a companhia adicionou outras duas instituições financeiras: o Bradesco e o Banco do Brasil.

Segundo o pessoal do MacMagazine, apenas os cartões da bandeira Visa de ambos os bancos são suportados. Já no Itaú, clientes do Mastercard também podem aproveitar o recurso.

• Os detalhes do lançamento do Apple Pay no Brasil
• Apple garante que não está ouvindo secretamente as suas conversas

Além disso, parece que dá para realizar o cadastro de cartão de débito do Banco do Brasil – a primeira instituição a oferecer essa opção.

O cadastro de um cartão é bem fácil: ao acessar o aplicativo Wallet em seu iPhone, adicione um novo cartão e realize a ativação – ela pode ser feita pelo aplicativo do banco, pela central de relacionamento ou SMS.

O Apple Pay funciona com todos os dispositivos que possuem o TouchID, portanto do iPhone 6 para cima. Quem tem um iPhone X utiliza o FaceID para autenticar as compras.

Para utilizar o recurso, procure por estabelecimentos com a logomarca do Apple Pay ou do NFC — que aceita os pagamentos por proximidade. Quando estiver pronto para pagar, ative o sistema no celular com o Touch ID ou no Face ID e aproxime a parte de cima do iPhone do terminal de pagamento.

Além de facilitar o pagamento em lojas físicas, o Apple Pay também serve para compras online em apps e no navegador Safari. Em lojas que aceitam esse tipo de transação possuem um botão “Pagar com Apple Pay”.

A chegada de outros bancos deve abrir as portas para mais instituições nos próximos meses.