A Apple perdeu o posto de empresa mais valiosa do mundo para a petrolífera saudita Saudi Aramco. Após ter seu valor de mercado reduzido em pouco mais de US$ 350 bilhões, a empresa da maçã agora ocupa o segundo lugar no ranking.

O novo líder é resultado especialmente da valorização do petróleo, que impulsionou um salto de 25% no valor de suas ações neste ano. O valor de mercado da Saudi Aramco disparou para US$ 2,39 trilhões, contra os US$ 2,37 da Apple.

Ao contrário do que aconteceu em outros setores durante a pandemia da Covid-19, o setor tecnológico prosperou no período. Mas, nos últimos tempos, empresas de tecnologia tem sentido alguns impactos significativos nas receitas devido a perdas de investimento.

Vale relembrar que a própria Apple havia se tornado a empresa de capital aberto mais valiosa do mundo em 2020, ultrapassando a Saudi Aramco, que retorna agora ao posto.

Confira o ranking das empresas mais valiosas do mundo

1º Saudi Aramco

2º Apple

3º Microsoft

4º Google

5º Amazon

6º Tesla

7º Berkshire Hathaway

8º Meta (Facebook)

9º Johnson & Johnson

10º United Health