O Apple Watch é comumente visto como um acessório para esportistas. Ou seja, para funções que envolvem movimento e esforço físico. No entanto, a Apple parece estar focando cada vez mais em outras questões relacionadas à saúde, como a qualidade do sono.

Segundo fontes de dentro da Apple ouvidas pelo 9to5Mac, a empresa está trabalhando em um novo recurso de monitoramento de sono para o Apple Watch. A novidade, de acordo com o relato, pode ser anunciada já na próxima semana junto com a apresentação dos novos iPhones e um novo Apple Watch com opções de cerâmica e titânio.

As fontes do 9to5Mac ainda revelaram que o recurso foi internamente batizado com um nome nada convencional: “Burrito”. O nome oficial deverá ser “Time in Bed tracking” (ou, “Monitoramento de Tempo na Cama”). Para utilizá-lo, o usuário terá que vestir o Apple Watch quando estiver dormindo. Assim, o dispositivo vai monitorar a qualidade do sono por meio dos dados recebidos dos múltiplos sensores, além dos movimentos da pessoa, seus batimentos cardíacos e sons emitidos.  Os resultados serão disponibilizados no aplicativo “Health” e em um novo app chamado “Sleep”.

Como muitas pessoas costumam deixar o Apple Watch carregando durante a noite, a solução que a empresa encontrou foi adicionar um recurso que lembra os usuários de carregarem o wearable antes para que ele possa ser utilizado durante o sono também.

Uma série de outros recursos indicam que a novidade, de fato, é focada em todo o processo de descanso do usuário, indo além do monitoramento do sono. Por exemplo, é provável que já tenha acontecido de você levantar antes do seu despertador e esquecer de desligá-lo. Geralmente, ele começa a tocar a um volume absurdamente alto, acordando a casa toda, bem na hora em que você está tomando banho ou fazendo qualquer outra coisa que te impeça de desligá-lo rapidamente. Com o novo recurso, você não vai precisar se preocupar com isso, pois o Apple Watch vai automaticamente desligar o seu alarme ao detectar que você já acordou e começou a se movimentar.

Para quem convive com outras pessoas em uma casa, tendo que aturar o despertador dos outros ou ouvir reclamações do seu próprio, o Apple Watch terá a opção de configurar o alarme para que ele não emita nenhum som e apenas vibre. Também é possível ajustar para que o despertador toque apenas no relógio, utilizando o iPhone como backup.

O 9to5Mac pontua que ainda não está claro se esses recursos serão lançados com um novo modelo de Apple Watch. Considerando os rumores sobre os novos relógios terem mudanças muito pequenas, é provável que o monitoramento de sono seja mais uma atualização de software, sem a necessidade de um novo hardware.

[9to5Mac]