Mundo online. Acesso, troca, expressão – tudo rápido, fácil, no momento que o próprio momento acontece. E, atualmente, não há nada que transforme mais em real esta necessidade humana de fazer parte quanto os smartphones, explorando as quase infinitas possibilidades de ver e ser visto a um simples toque na tela.

Uma vez que você já escolheu o dispositivo ideal para o uso que fará dele, está na hora de conhecer as diferenças entre as formas de conexão que os aparelhos oferecem – e como fazer bom uso destas tecnologias.

Apenas para contextualizar, vamos pensar em alguns anos atrás, quando quase tudo dependia de fios para interagir. Processos mil foram desenvolvidos e (ainda bem!) o conceito wireless foi rapidamente absorvido pela nossa sociedade. Assim, wireless é a denominação correta para qualquer tecnologia de transmissão de dados que não utilize fios, apesar de ser comumente utilizada quando falamos em Wi-Fi – outra história que contamos abaixo.

As redes Wi-Fi foram desenvolvidas para permitir a criação de redes de dados via rádio, eliminando a fiação necessária para acessar e transmitir arquivos dos mais variados tipos. Pois é, apesar de ultra moderno, o wi-fi utiliza uma das mais antigas – e eficientes! – tecnologias: a transmissão via ondas de rádio que, centralizadas num roteador, distribuem a informação para quem quer acessá-la.

Já o Bluetooth, outra tecnologia que não necessita de fios para fazer acontecer, foi criado com a intenção de substituir o infravermelho – tecnicamente esgotada e de utilização limitada. A conexão via Bluetooth, entretanto, não contempla grandes áreas (como faz a rede Wi-Fi) e, por este motivo, é utilizada para tráfego de dados e relacionamento entre dispositivos que estão próximos um do outro – o que não é um grande limitador para a existência da tecnologia: podemos utilizar a rede de internet que um smartphone disponibiliza por meio de um computador via Bluetooth (o chamado emparelhamento, você já usou?).

Outra diferença entre as duas tecnologias de compartilhamento de dados é a velocidade desta troca: enquanto o Wi-Fi atinge o patamar decimal em termos de megabites, o bluetooth fica limitado à unidade.

Importante aprender um pouco mais sobre as funcionalidades do seu celular. Nesta série de posts que a Qualcomm preparou, apresentamos estas e muitas outras informações sobre as tecnologias móveis, acompanhe!