Round 6, um dos maiores sucessos da história da Netflix, tem ótimas histórias de bastidores. O ator Heo Sung-tae, que interpretou o gângster Deok-su no seriado sul-coreano, precisou ganhar peso drasticamente para o papel e agora sofre algumas consequências.

Heo perdeu peso por conta da pandemia de Covid-19 e muitos de seus projetos foram paralisados. Quando aceitou o papel em Round 6, recebeu uma indireta do diretor Hwang Dong-hyuk. “Quando nos encontramos, o diretor me perguntou por que perdi tanto peso e disse que eu estava muito ‘esquelético’ e o físico do personagem Deok-su é vital”, disse o ator em entrevista à mídia local.

As sequelas

Precisou então engordar de 15 kg a 17 kg em apenas um mês para dar vida ao gângster. O  desprendimento para o trabalho causou um impacto negativo na sua saúde. “Os músculos da minha panturrilha rasgaram e também meus joelhos doeram. No geral, minha saúde se esgotou. Acho que ganhar peso é três vezes mais difícil do que perder”, contou.

Round 6 gira em torno de pessoas endividadas que, após receberem um convite misterioso, participam de um jogo com temáticas infantis em busca de um enorme prêmio em dinheiro. O problema é que só um sai vivo com a bolada.

Outros casos

Engordar (ou emagrecer) radicalmente não chega a ser uma novidade. O aumento de peso de Roberto De Niro em “Touro Indomável” (1980) é um clássico caso. Mas outros mais recentes também chamaram a atenção.

Em 2008 e 2012, Christian Bale esbanjou boa forma física como Batman nos filmes “Cavaleiro das Trevas” e “O Cavaleiro das Trevas Ressurge)”. Logo depois, em 2013, Bale engordou 20 kg para atuar como o trambiqueiro Irving Rosenfeld em “Trapaça”.

Jared Leto é outro ator que ganhou quilos extras em 2007 para interpretar Mark David Chapman, o assassino de John Lennon, no filme “Capítulo 27”. Depois das filmagens, Leto encarou uma dieta de líquidos para emagrecer e amenizar os efeitos da engorda radical.