A partir desta segunda-feira (26), 16 das 183 estações da CPTM e do Metrô vão passar a comercializar bilhetes com QR Code. A notícia foi divulgada pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo (STM).

A ideia é fazer com que bilhetes comprados no metrô funcionem também nos tens da CPTM e vice-versa. Até então, os bilhetes magnéticos não serviam para as duas modalidades.

Além do bilhete em QR Code, os passageiros podem usar um aplicativo chamado TOP, disponível para Android e iOS — que permite comprar até dez passagens com cartão de débito e crédito. Nesses casos, o aplicativo gera um QR code que o usuário pode utilizar offline.

Caso o passageiro prefira, a compra do bilhete pode ser feita pelo QR Code impresso no papel. Mas, como a tinta da impressão pode se desgastar dependendo do seu armazenamento, o indicado é que você utilize em 72 horas. Segundo a SMT, em todas as estações já existem funcionários posicionados estrategicamente próximos das catracas para desfazer quaisquer dúvidas por parte do público.

Assine a newsletter do Gizmodo

Mas, e aqueles bilhetes de tarja magnética, vão continuar? Segundo a SMT, não mais. Até o final de maio, os bilhetes em QR Code devem ser comercializados de forma integral. Inclusive, este novo sistema está em sua fase inicial, então muito ainda vai ser observado sobre seus pontos positivos e negativos. Por isso, vale pontuar algumas observações importantes:

  • Não será possível fazer integrações tarifárias utilizando o seu bilhete digital. Ou seja, se você precisar fazer as transferências gratuitas entre a CPTM e o Metrô, será preciso passar novamente pela catraca de outro metrô/trem ou ônibus, com o uso de outro bilhete/passagem;
  • Se você comprar cinco bilhetes no modelo impresso, serão ao todo cinco papéis de QR Code que serão fornecidos, o mesmo padrão na venda dos bilhetes de tarja magnética. Então, se atente a não amassar, molhar ou descartar acidentalmente as suas passagens impressas;
  • Mesmo sem ter internet, o usuário vai conseguir utilizar o bilhete, uma vez que existe a opção de salvar a imagem do QR Code na sua galeria de fotos;
  • Ele não está sendo aceito nos ônibus, apenas no metrô e trem.
  • Os cartões BOM e o Bilhete Único vão continuar em uso.

Caso o usuário venha a ter muitos questionamentos ou reclamações sobre o aplicativo ou algum problema no momento da recarga e do seu uso, a SMT disponibilizou um atendimento 24 horas por meio do WhatsApp (11) 3888-2200. Além do email: atendimento@boradetop.com.br.