A maioria dos donos de cachorros se gaba que seus melhores amigos conseguem sentar ou se fingir de morto, mas Chaser, uma cadela border collie (conhecido como cachorro mais inteligente do mundo), aprendeu mais de 1.000 palavras para identificar os seus brinquedos.

Toda vez que apresentavam Chaser a um novo brinquedo, dois psicólogos repetiam o nome do objeto um bocado de vezes. Quando a pilha de coisinhas de pelúcia e plástico chegou a 1.022 objetos, eles concluíram que ela podia apanhar brinquedos individuais quando solicitada, com grupos de 20 objetos sendo selecionados por sessão, 838 vezes durante três anos. O índice de acerto era de 90%, ou 18 de cada 20 brinquedos.

A sorte de Chaser é que o dono dela é um psicólogo, Dr John Pilley, então ela pode repetir esses testes noite adentro. O seu amigo psicólogo Dr. Reid, que ajudou no processo, explicou: “nós trabalhamos com Chaser por quatro ou cinco horas a cada dia testando as palavras com ela várias vezes e conseguimos confirmar que ela conseguia lembrar e distinguir cada uma delas. Nós não estamos dizendo que isso significa que os cachorros podem aprender uma língua da mesma maneira que crianças o fazem, mas de fato isso mostra que eles são capazes de aprender bem mais palavras do que acreditava-se antes.” [New Scientist]