Durou mais de 24 horas, mas o bloqueio ao WhatsApp no Brasil finalmente caiu: o desembargador Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima, do Tribunal de Justiça do Sergipe, revogou a decisão que impedia o uso do app no Brasil.

>>> Justiça determina bloqueio do WhatsApp por 72 horas
>>> Após Justiça manter bloqueio no Brasil, WhatsApp recorre a petição online

De acordo com a Folha, Abreu Lima reconsiderou a decisão de Cezário Siqueira Neto, que havia negado recurso do WhatsApp para liberar o uso do app. Detalhes sobre a decisão dele não foram divulgadas por se tratar de um caso que corre em segredo de justiça.

Ainda não sabemos quando exatamente o acesso ao app será liberado por todas as operadoras, mas elas já estão livres para permitir que seus usuários voltem a trocar mensagens pelo WhatsApp.

Ontem (2), o juiz Marcel Montalvão decidiu que o WhatsApp deveria ser bloqueado por 72 horas em todo território nacional a partir das 14h – as operadoras seguiram a decisão judicial e interromperam o funcionamento do serviço – caso contrário, pagariam US$ 500 mil por dia de multa.

Sem WhatsApp para trocar mensagens, os usuários começaram a buscar apps alternativos. O Telegram foi o que mais se beneficiou – foram mais de 7 milhões de novos usuários que se registraram nas 24 horas seguintes ao início da interrupção do WhatsApp.

Agora que o app preferido do brasileiro voltou a funcionar, vamos ver quantas dessas 7 milhões de pessoas vão permanecer no Telegram.

[Folha]

Atualizado às 14h50