A Canon 7D original foi um sucesso entre produtores de vídeo, e é por isso que a principal questão em torno da sua sucessora, a 7D Mark II, estava na qualidade de vídeo. Com uma unidade beta em mãos, fizemos uma comparação casual com outras DSLRs voltadas para vídeo lançadas pela Canon.

>>> Canon 7D Mark II: a tão esperada sucessora de uma câmera DSLR clássica

A linha atual de DSLR da Canon oferece uma variedade de qualidade em termos de vídeo. No topo está a 1DC que captura imagens em 4K, mas custa US$ 10.000 e está fora do alcance de praticamente todo mundo. Abaixo dela está a 1DX e a ultra-popular 5D Mark III, cujas imagens, apesar da falta de nitidez, são bastante limpas e boas em pouca luz.

Na faixa intermediária temos a 70D, que tem ótimos recursos de vídeo como o autofoco Dual Pixel e um display giratório. No entanto, a qualidade de vídeo é prejudicada pelo padrão moiré e é até mais suave do que a 5D.

A 7D Mark II conta com um novo sensor e dois processadores super potentes Digic 6. Por todas as contas, sua qualidade de vídeo deve ser excelente. O que encontramos em novo breve teste, no entanto, foi outra coisa.

Nota: todas as imagens da 7D Mark II foram capturadas com uma unidade beta. A qualidade de imagem pode ser modificada no produto final.

Basicamente, a 7D Mark II herda a qualidade de vídeo da 5D Mark III. Ela carece de padrão moiré, e sua nitidez é quase igual (talvez um pouco mais suave). No entanto, ela é muito melhor do que a 70D, especialmente com pouca luz. Por mais que seus níveis de ruído não cheguem perto do padrão dos sensores full-frame da 5D Mark III, ela ainda é excelente no escuro.

Isso tudo parece bom, certo? Bem, e é – de certa forma. Vamos colocar isso em contexto. A 7D Mark II é uma máquina nova e supostamente de ponta. Ainda assim sua qualidade de vídeo é como a de uma câmera de dois anos de idade, a 5D Mark III. Com pouca luz provavelmente ela se provará próximo às melhores disponíveis para uma sensor de corte, mas os detalhes ainda não chegam nem perto de uma Sony A7s, ou uma Panasonic GH4 com resolução 4K.

As imagens abaixo foram capturadas com uma lente Canon 20-105mm f4, com nitidez, contraste e saturação no mínimo.

ISO 100

iso100

Clique aqui para ver em tamanho completo

ISO 6400

iso6400

Clique aqui para ver em tamanho completo

Muitos dizem que a 7D Mark II não foi feita para ser prioritariamente uma câmera de vídeo. Ela foi feita para fotografia de esportes e vida selvagem, e não deveríamos reclamar por causa de uma qualidade de vídeo não tão boa. Mas mesmo sendo uma câmera voltada para esses nichos, ainda existem muitos consumidores que compram uma Canon para vídeo. É peculiar para a Canon ignorar completamente esses consumidores e deixar as melhores opções aparecerem em concorrentes.

A qualidade de vídeo da 7D certamente é um passo a frente em relação à família de câmeras com sensor APS-C, mas misture-a com outras marcas, e ela fica longe de ser uma das melhores