Muita gente já comparou o CERN — centro responsável pelo Grande Colisor de Hádrons — e o laboratório Black Mesa de Half-Life, dizendo que um parece demais com o outro, mas este tour das profundezas do CERN confirma as suspeitas. Canos vazando vapor? Corredores sem fim? Válvulas enferrujadas?

Separados do LHC, os laboratórios do CERN são dispersos e bem antigos, então dá pra entender que eles tenham esse visual industrial e medonho.

Mas considerando que ambos os laboratórios têm o mesmo propósito (em teoria), e o CERN já emprega um Gordon Freeman da vida real, a semelhança é simplesmente sinistra — como se o CERN tivesse roubado os modelos e texturas do jogo da Valve para torná-los realidade. Ou, quem sabe, o contrário, o que até faz sentido. A galeria completa você vê no [CERNLove via Reddit]