Depois de suspeitas, rumores e tentativas de reverter a imagem negativa do navegador, a Microsoft finalmente confirmou que dará um fim na marca Internet Explorer, substituindo este browser por um novo — nomeado, por enquanto, de Project Spartan.

Chris Capossela, chefe de marketing da Microsoft, confirmou ontem durante a conferência Microsoft Convergence que a empresa trabalha em um novo nome e marca para substituir o Internet Explorer, segundo informações do The Verge. “Estamos pesquisando uma nova marca, ou novo nome, para o navegador que estará no Windows 10”, diz. Ele será o principal navegador o novo Windows e o IE continuará a existir, mas apenas por questões de retrocompatibilidade.

Pesquisas feitas pela empresa afirmam que abandonar o Internet Explorer e inserir “Microsoft” no nome próximo navegador elevará a popularidade da marca — usuários do Chrome da Inglaterra se mostraram muito mais interessados por um software que tinha o nome “Microsoft” nele, revelou a pesquisa.

Não é a primeira vez que a Microsoft abandona uma marca. Há alguns anos a empresa abandonou a marca Hotmail, a substituindo pelo Outlook — uma marca bem menos adolescente, digamos.

>>> Spartan, o novo navegador da Microsoft, está aqui para te salvar do Internet Explorer

>>> Como o navegador Project Spartan, da Microsoft, eliminou as piores partes do Internet Explorer

>>> Esses truques do novo navegador da Microsoft vão te convencer a mudar de browser?

A Microsoft continua a fazer testes de nomes e marcas para o Project Spartan, mas ainda não decidiu uma data para revelar o nome final do sucessor do Internet Explorer. Entretanto, fica claro que a empresa quer se distanciar ao máximo da marca antiga e é bastante provável que “Microsoft” esteja presente no nome do novo navegador.

Eu, particularmente, estou bem confortável — e acostumado — com o Google Chrome, mas eu talvez dê uma espiadinha no Project Spartan, afinal, a Microsoft fez um bom trabalho com o Outlook. Mas e você? Mudará para o Spartan quando ele for finalmente lançado ou o fracasso do IE te afetou tanto que você nem mesmo dará a ele uma chance? [The Verge]