Basta uma xícara da bebida para que a vontade apareça! Se você faz parte do grupo de pessoas que corre ao banheiro após tomar café, já sabe do que estamos falando. 

O efeito laxante do café já é de conhecimento geral, embora as razões para isso não sejam claras. Procurando elucidar a questão, a CNN separou alguns estudos que tentam explicar a relação entre a bebida e o banheiro.  

Um deles remete ao ano de 1998. Já naquela época, pesquisadores notaram que o café estimula as contrações do cólon, responsáveis por misturar, amassar e ejetar as fezes.

Durante o estudo, 12 voluntários tiveram que usar sondas e consumir na sequência água, café, café descafeinado e uma refeição. Ao final, os pesquisadores notaram que o café foi 60% mais eficaz do que a água na estimulação da atividade motora do cólon. 

Ao que parece, o café desencadeia uma resposta hormonal que leva às contrações do órgão. De acordo com um estudo de 1986, a bebida estimula a liberação de gastrina, hormônio envolvido na produção de ácido gástrico. Esse, por sua vez, ajuda na digestão de alimentos e pode estimular a atividade do cólon.

Você deve estar se perguntando, não há nada mais atual sobre isso? Na verdade, existe sim. Em 2019, pesquisadores da Universidade do Texas, nos EUA, testaram os efeitos do café em ratos de laboratório.

Eles descobriram que os músculos do intestino delgado e grosso dos animais tinham maior facilidade de contração após a ingestão do café, o que significa que os alimentos poderiam se mover mais rápido ao longo do intestino. Além disso, mostraram que os efeitos independem da cafeína, ocorrendo com ou sem a presença dela na bebida.

Muitas pessoas que sofrem de constipação podem buscar a bebida como solução de seus problemas. Mas fique sabendo que seu efeito laxante não é universal. Na verdade, apenas 30% dos fãs de café sentem vontade de ir ao banheiro após consumi-lo. Dependendo da sua situação, o mais indicado é procurar um médico.