Sempre quis saber como engenheiros testam como seus designs – seja de navio ou turbinas eólicas – se saem em um mar agressivo? Eles usam algo parecido com essa nova instalação da Universidade de Maine, nos EUA, que usa 32 ventiladores e 16 pás para simular as condições marítimas mais cruéis.

O novo equipamento, que foi oficialmente inaugurado na segunda-feira (23) no Laboratório de Engenharia W2 Ocean, é capaz de simular os efeitos de ondas de mais de 30 metros de altura e ventos de até 320km/h. Construído em uma escala 1:50, custou US$ 13,8 milhões e conta com uma piscina de 30 metros que pode ser vista nas imagens.



O laboratório vai ser usado para testar coisas como equipamentos de energia maremotriz, fundações de turbinas eólicas, além de barcos, portos e até pontes. No YouTube, há um vídeo em que é possível ter uma noção de como funciona o simulador. [PhysOrg]

teste-mares teste-mares-2 teste-mares3

Imagens via AP