Se você é um grande admirador do espaço, fique esperto em janeiro: neste mês, será possível observar Mercúrio e Marte diretamente da Terra. Como se a contemplação dos planetas não fosse suficiente, esta também é a melhor época do ano para avistar as Nuvens de Magalhães, duas galáxias satélites anãs irregulares da Via Láctea.

O primeiro dos eventos astronômicos citados está marcado para o dia 7 de janeiro. Na data, Mercúrio estará em seu maior alongamento oriental. Isso significa que o planeta, que está sempre próximo do Sol, estará em seu ponto mais distante do estrelão e, consequentemente, mais visível. 

Nem precisa esperar demais: basta olhar para o Oeste por volta das 20h. Mercúrio estará logo abaixo de Saturno.

Já o planeta vermelho deve dar as caras no final do mês, em 29 de janeiro. Na primeira metade de 2022 ele só poderá ser observado na alta madrugada, como explica o físico Gustavo Rojas na revista Galileu.

Por conta disso, você terá que fazer uma forcinha para ficar acordado até tarde. No sábado (29), olhe para o leste a partir das 4h. O planeta estará próximo da Lua minguante. 

Para observar as Nuvens de Magalhães, é preciso procurar no céu pelas estrelas Sirius e Canopus, que apontam para as galáxias satélites. A busca pelas estrelas pode ser feita com o auxílio de aplicativos de celular, como o Carta Celeste ou Sky View.

Para observar o céu, busque por lugares abertos e com pouca poluição luminosa. Vale a pena ficar de olho na previsão do tempo, já que noites nubladas podem atrapalhar o processo. As Nuvens de Magalhães são mais visíveis quando a Lua está oculta no céu.

O ano de 2022 está repleto de eventos astronômicos imperdíveis. Por sorte, o Gizmodo Brasil preparou um calendário especial com todos eles. Entre aqui no link e já deixe as datas anotadas na agenda.