O Facebook tem muitos serviços populares para bater papo. Além da própria rede social e seu Messenger, o WhatsApp e o Instagram também são de propriedade da empresa. Já faz um tempo que ouvimos que a companhia vai tentar juntar tudo em um lugar só, e parece que o primeiro passo será agora: usuários do Instagram poderão trocar mensagens com usuários do Messenger.

Com a integração, que já vinha sendo testada há alguns meses, as interfaces do Instagram Direct (área do Instagram para mensagens) e do Messenger não vão mudar muito — a única mudança no visual é que o ícone do Messenger vai aparecer no canto superior direito da timeline do Instagram, onde fica hoje o ícone do Direct, aquele que parece um aviãozinho de papel.

Mesmo sem alterações no visual, será possível mandar mensagens para contatos da outra rede. O post anunciando a novidade diz que usuários do Instagram não precisarão mais baixar outro app para falar com os amigos do Messenger e vice-versa, seja por mensagens de texto ou chamadas de voz ou vídeo.

Uma das telas do novo recurso compartilhadas pelo Facebook mostra as opções “Atualizar” e “Não agora”, o que também dá a entender que, pelo menos por enquanto, a integração será opcional.

A empresa também afirma que será possível escolher onde ver essas mensagens que chegam dos contatos da outra rede: nas conversas, nas solicitações ou em nenhum lugar — o texto não explica muito bem essa última opção, mas acredito que deva servir para quem prefere manter as duas redes separadas.

Além disso, o Instagram ganhará vários recursos do Messenger, como respostas específicas a uma mensagem, encaminhamento de mensagens e reações com emojis.

Também há novos recursos, como selfie stickers — que o Facebook diz ser um híbrido de Boomerang, emoji e selfie, seja lá o que isso quer dizer –, uma função para assistir a um vídeo do IGTV junto com um contato e mensagens que desaparecem automaticamente.

O Facebook diz que um a cada três usuários acha difícil lembrar por qual app tinha mandado uma mensagem para um contato. A empresa acredita que juntar Instagram e Messenger pode facilitar a vida dessas pessoas.

A empresa diz que o recurso começará a ser disponibilizado nas próximas semanas em alguns países, sem especificar quais. Aqui no meu Instagram nada mudou até o momento.

E esta não é a única mudança que vai em direção a uma maior integração dos serviços da empresa. O Facebook também começou a testar uma central de contas (Accounts Center, no original em inglês) para reunir configurações e ajustes da rede social, do Messenger e do Instagram.