Uma parceria firmada entre Cielo e Facebook permitirá que, em breve, você use as maquininhas da rede de cartões para fazer check-in no Facebook e recomendar lojas, restaurantes e afins. E você pode ganhar brindes pelo esforço. Mas vale a pena?

Segundo a Folha, o sistema começa sua fase de testes no dia 6 de dezembro, com 30 estabelecimentos da Grande São Paulo e Campinas participando — até 250 locais poderão participar dessa primeira fase. Ele deve ser expandido para todo o país no início de 2013.

Vale notar que o check-in, assim como a recomendação, é algo opcional: a Cielo não vai postar nada no seu feed a menos que você autorize na maquininha. Ele também não posta nada sobre sua compra (nem valor, nem itens comprados).

E como funciona? Não é tão simples quanto chegar na padaria e mandar um “me vê uma Coca e um check-in, por favor”. Veja os passos:

  • preencha o cadastro simples com seu nome completo e CPF;
  • faça check-in usando a máquina da Cielo na opção “Facebook”, e inserindo seu cartão – de crédito, débito, vale-alimentação ou vale-refeição.

Ufa! A máquina vai pedir seu CPF na primeira vez, para que ela vincule seu documento ao cartão. Então, você poderá usar seu cartão para fazer check-in nos lugares, mesmo que não compre nada.

Mas para que tanto esforço só para curtir uma loja? Bem, alguns estabelecimentos darão “prêmios” para quem fizer check-in através da maquininha, como uma sobremesa ou um brinde — coisa que alguns lugares já fazem com o Foursquare.

Também é possível recomendar locais. Neste caso, no entanto, é preciso comprar alguma coisa e pagar com o cartão. Mas há um detalhe importante aí: se você recomendar uma loja, ela só pode oferecer brindes para seus amigos. E para você? Aí não pode: Eduardo Chedid, vice-presidente de produtos e negócios da Cielo, diz à Folha que dar prêmios por recomendações seria como comprar essas recomendações. A Cielo decidirá quais prêmios as lojas poderão oferecer.

Se você é lojista e ficou interessado, deve fazer o cadastro nessa mesma página. Não é necessário pagar a mais para ter uma maquininha com Facebook: segundo o G1, os aparelhos já em uso receberão o serviço, que é gratuito para o lojista.

A ideia é aumentar a exposição do estabelecimento e da própria Cielo na internet e, consequentemente, o movimento na própria loja. Não sabemos se vai dar certo, mas, depois do app para iOS, é mais um passo que a rede de pagamentos dá em direção à tecnologia. E mais um passo para o Facebook ocupar ainda mais espaço em nossas vidas. [Folha e G1]