Já faz um tempo que o Facebook tenta emplacar sua plataforma de vídeos, o Watch, como um concorrente do YouTube. Como uma plataforma de vídeo precisa de conteúdo, faz sentido ir atrás de canais de TV. Foi o que o Facebook fez: a empresa anunciou parcerias com Band, SBT e RedeTV!, que produzirão programas exclusivos para o Watch.

As atrações terão conteúdo jornalístico e durações entre cinco e trinta minutos. Os programas serão transmitidos nas páginas dos próprios canais no Facebook — o post da rede social elenca Band Jornalismo, Rádio Bandeirantes, Rádio BandNews FM,  RedeTV! e SBT Jornalismo como exemplos.

A publicação também traz uma prévia do que serão os programas exclusivos para o Facebook Watch.

A Band fará dois: o Tudorial (escrito assim mesmo, um trocadilho entre “tutorial” e “tudo”), com debate de notícias e temas propostos pelo público, e o #vaidaroquefalar, em que Ana Paula Padrão recebe jovens de até 25 anos para uma conversa sobre situações que eles enfrentam.

A RedeTV! fará o Histórias do Dia, com histórias de brasileiros contadas sob um ponto de vista social e relacionadas a temas em alta ou às notícias do dia.

O SBT, por sua vez, fará um programa feminino, o SBT Mulher. O texto do anúncio diz que o “objetivo do programa é falar de mulheres que estão fazendo história em diferentes áreas, mostrando os desafios que elas encontram”.

Nenhum desses programas teve sua data de estreia anunciada até o momento — o Facebook fala apenas que os canais trarão os vídeos nas “próximas semanas”.

A plataforma Watch já conta com um atrativo interessante para o mercado brasileiro: futebol. Jogos da Copa Libertadores da América e da Liga dos Campeões da UEFA são transmitidos gratuitamente para o país. Com emissoras de TV, a aposta parece ser ainda maior. Resta saber se o Facebook não vai mudar de ideia, alterar seu algoritmo e abandonar parcerias, como já fez várias vezes com outros produtores de conteúdo.