Quando falamos em androides futuristas, a Ásia está muito mais avançada do que nós – especialmente China, Japão e Coreia do Sul. A China recebeu a World Robot Exhibition entre os dias 23 e 25 de novembro. Eis algumas das novidades da feira, assim como um pouco sobre o futuro dos nossos amigos robóticos.

robos-2



Robôs jogadores de futebol. Robôs humanoides que falam e se movem como humanos estão se tornando mais comuns na Ásia, com exemplos como o Pepper.

robos-3

Robôs como o visto acima foram projetados para viver e trabalhar junto com humanos, não necessariamente para substituí-los. No Japão, funcionários robóticos estão começando a ganhar espaço em lojas, hotéis e até aeroportos, e podem complementar funcionários humanos realizando tarefas que eles não conseguem fazer, como carregar objetos muito pesados.

robos-4

Robôs pintores, como o visto na imagem acima, também estão ficando mais comuns. Um dos desafios para roboticistas é projetar robôs que não apenas armazenem muitos dados e solucionam problemas lógicos, mas também robôs que tenham aprendizagem adaptativa que permita a eles criatividade para se adaptar a situações diferentes e que mudam de uma hora para outra.

robos-1

Alguns dos robôs mais novos apresentados na China, como este acima, se destacaram por lembrar um vilão de história em quadrinhos – ou um herói.

robos-6

A androide japonês Geminoid F também deu as caras. Ela é a atriz robótica que ganhou uma página no IMDB e participou de um filme que estreou recentemente no Japão.

robos-7

Assim como o Pepper, esse robô percebe as suas emoções ao ler suas expressões faciais, e pode até dizer se você é uma mulher ou um homem, sua idade, quão feliz você está, e também imita suas ações. Aparentemente ele foi projetado para ser usado como recepcionista em eventos. [BBC]

Todas as imagens via ChinaFotoPress e Hong Kong Free Press