O James Webb está superando as expectativas de cientistas de NASA. No dia 11 de março, o telescópio completou o alinhamento da chamada “fase fina” – ou seja, todos os seus 18 espelhos passaram a trabalhar como um só.

Então, usando sua NIRCam (Near Infrared Camera, ou câmera próxima do infravermelho), o James Webb foi capaz de captar a imagem da estrela distante 2MASS J17554042+6551277 — sim, esse é seu nome de batismo. Confira abaixo:

Mas o que realmente chamou a atenção dos cientistas foi a sensibilidade do telescópio. Além do objeto principal, é possível ver ao fundo da imagem outras estrelas e galáxias. A foto original foi tirada em preto e branco, sendo o filtro vermelho adicionado para dar contraste à foto. 

A NIRCam também tirou uma selfie do telescópio, que mostra seus espelhos alinhados no formato de colmeia. Para isso, foi utilizada uma lente específica adicionada ao objeto apenas para fins de engenharia. 

James Webb
Imagem: NASA/Reprodução

Ainda há bastante trabalho pela frente. Nas próximas seis semanas, o James Webb continuará alinhando seus segmentos com o objetivo de permitir o funcionamento de outros instrumentos científicos, como o gerador de imagens de infravermelho próximo e o espectrógrafo sem fenda.

As operações científicas, assim como o envio das primeiras fotos relacionadas à missão, devem ser enviadas em julho. Com elas, os cientistas poderão obter informações sobre a formação de estrelas, galáxias e a própria origem do universo.