Um gato entrou em uma subestação elétrica e infelizmente morreu depois de entrar em contato com um equipamento de alta tensão. Ele foi o responsável por um apagão que afetou 7.500 casas em New Orleans na segunda-feira de manhã, segundo o jornal The Advocate.

Em um comunicado à imprensa, a fornecedora Entergy diz que o animal causou um “flash” (isto é, uma expulsão bastante perigosa de grandes quantidades de energia) depois de entrar na subestação elétrica e conseguir passar por “dispositivos de proteção”.

• Gatos ficam mais felizes e saudáveis quando precisam se esforçar pela comida
• A história secreta do primeiro gato no espaço

“Não é comum que um gato consiga invadir uma subestação; geralmente, esquilos e outros animais pequenos conseguem dar um jeito de entrar”, diz a empresa. “A Entergy instala dispositivos de proteção para manter bichos fora de nossos equipamentos não somente para evitar apagões, mas também para evitar que eles corram perigo.

“Às vezes, entretanto, eles conseguem passar por esses dispositivos, e quando isso acontece, eles infelizmente não sobrevivem ao contato com equipamentos de alta tensão.”

A energia elétrica foi restaurada para a maioria dos consumidores por volta das 10 horas da manhã no fuso local, de acordo com a WDSU.

O jornal The Advocate escreve que a Entergy tem passado por um número considerável de quedas de energia bizarras nos últimos anos. Dois incidentes isolados no começo de 2018 envolveram balões “metálicos” ou de filme de PVC atingindo linhas de força. Outro apagão se deu por causa de um esquilo, que teve o mesmo triste fim desse gato.

O felino em questão pode ter sido traído pelo destino e ido parar no céu dos choques, mas ele estará muito bem acompanhado por lá. Como nota a Popular Mechanics, acidentes do tipo são comuns e já foram causados por guaxinins, ratos, macacos, um animal que parecia ser um doninha que roeu fios de energia do Grande Colisor de Hádrons e uma galinha no Havaí. Alguns bichos tiveram maior sorte, como uma revoada de pombos que causou um curto-circuito em uma subestação japonesa em 2013. Eles não se sacrificaram, apenas defecaram no equipamento até ele parar de funcionar.

[The Advocate]

Imagem do topo: Gato resgatado nas redondezas de New Orleans após a passagem do Furacão Isaac, em 2012. Possivelmente não é o mesmo que causou o problema na subestação. (John Moore/Getty Images)