Com o Glass, o Google está tomando uma postura muito mais rigorosa do que na loja de apps para Android. Daqui em diante, apps pornográficos estão proibidos no Glass.

A primeira cabeça a rolar é o app “Tits & Glass”, que foi anunciado na semana passada. E agora, onde é que vamos arranjar pornografia para ver por aí?

O app Tits & Glass foi feito pela MiKandi, e vem com vídeos e fotos pornô otimizados para serem vistos no Glass. É assim que vamos nos agradar no futuro, afinal. Na verdade, a ideia do app para as próximas versões era levar as pessoas a filmarem, com o Glass, suas próprias façanhas na cama (ou sentados no banheiro).

Mas a diversão acabou! O Google reagiu rapidamente e proibiu o app, atualizando sua política para desenvolvedores e banindo conteúdo explícito:

Material Sexualmente Explícito: Nós não permitimos conteúdo Glassware que contenha nudez, atos de sexo explícito, ou material sexualmente explícito. O Google tem uma política de tolerância zero contra a pornografia infantil. Se tomarmos conhecimento de conteúdo com pornografia infantil, vamos denunciá-lo às autoridades competentes e excluir as contas do Google das pessoas envolvidas com a distribuição.

Apenas uma dúzia de usuários do Glass baixou o app, mas é interessante ver o Google pesar a mão em sua nova plataforma. É algo bem diferente do Android para smartphones e tablets: neles, o sistema era um espaço aberto que só começou a tomar forma quando mais pessoas usaram. O Glass, por sua vez, está indo na direção que o Google quer.

Vale lembrar que o Glass também roda Android e já foi rooteado, então instalar apps não-autorizados deve ser relativamente fácil – só não conta com a aprovação do Google.

E a MiKandi ainda não está desistindo de pornô no Google Glass. O CEO Jesse Adams diz:

Embora o app ainda esteja vivo e as pessoas o estejam usando, neste momento devemos fazer alterações nele a fim de respeitar as novas políticas. [Hoje] vocês verão mudanças no app.”

Estaremos esperando. [MiKandi via CNN]