O Google Maps receberá uma atualização colorida nas próximas semanas, adicionando granularidade de terreno e de caminhos para pedestres à sua interface do usuário. Depois de 15 anos, ela estava mesmo precisando de uma reforma.

Para fazer isso, o Google está usando a visão computacional (uma forma de inteligência artificial) para analisar características da paisagem em sua extensa biblioteca de imagens de satélite e codificá-las com base no terreno — praias arenosas e desertos em um bege escuro, topos de montanhas nevadas em branco e vegetação em verde, sendo que quanto mais densa a floresta ou a flora local, mais escuro é o tom de verde — para que os usuários possam ter uma ideia melhor de como é uma região apenas com um olhar.

Em um post no blog da empresa publicado na terça-feira (18), o Google disse que esses mapas mais detalhados estarão disponíveis em 220 países, “das maiores áreas metropolitanas às pequenas cidades rurais.” Você deve começar a ver a atualização ainda esta semana, uma vez que ela será lançada internacionalmente.

A empresa está planejando colocar mais detalhes em áreas mais metropolitanas também. As cidades com suporte mostrarão formas e largura de ruas em escala junto com calçadas, faixas e ilhas de pedestres, entre outras informações para ajudar os usuários a se locomover na região.

Com muitas pessoas tentando evitar metrô e ônibus para se proteger do coronavírus, algumas cidades estão vendo um boom de pessoas andando de bicicleta e caminhando. Como resultado, mais pessoas estão usando seus celulares para se orientaram na hora de se deslocar. O Google também observou que saber onde fica a faixa de pedestres ou calçada mais próxima pode ser “uma informação crucial se você tiver necessidades de acessibilidade”, como uma cadeira de rodas ou carrinho de bebê.

Na captura de tela da atualização (à direita), o Google Maps representa faixas de pedestres e calçadas, entre outros detalhes. Imagem: Google

Esses mapas de cidades atualizados são limitados inicialmente a Londres, Nova York e San Francisco e serão lançados nos “próximos meses” com planos de expandir o recurso para mais cidades.

Essa reforma ocorre em um momento em que o status do Google como o aplicativo de transporte mais usado está sob sério ataque no iOS e Mac nos Estados Unidos. Nos últimos anos, a Apple reformulou o design de seu aplicativo de mapas e adicionou funções para competir diretamente com o Google Maps, como sua resposta de alta resolução para Street View, chamada Look Around, e recursos interessantes como escanear o horizonte para definir melhor sua localização.