A Alphabet, holding proprietária do Google e de outras empresas, suspendeu um projeto de sua divisão de biotecnologia Verily que tinha como objetivo criar lentes de contato inteligentes para pessoas com diabetes. A iniciativa, bastante ambiciosa e que já durava anos, tinha como objetivo medir os níveis de glicose em lágrimas usando sensores na lente.

• Lentes de contato que escurecem no sol vão te proteger de raios UV (e te deixar assustador)
• Mulher encontra lente de contato debaixo de sua pálpebra 28 anos depois de tê-la ‘perdido’

A Verily fez o anúncio na sexta-feira, em um post em seu blog oficial. A decisão foi tomada em conjunto com a Alcon, e as empresas adiaram o projeto sem previsão de retorno, citando inconsistências em suas medições entre os níveis de glicose no sangue e nas lágrimas. (A Verily tinha uma parceria com a empresa de cuidados oftalmológicos suíça Alcon, uma subsidiária da Novartis, desde 2014, visando o desenvolvimento de lentes de contato com sensores de glicose.)

“Nosso trabalho clínico nas lentes com sensor de glicose demonstrou que não havia, em nossas medições, consistência suficiente de correlação entre concentrações de glicose nas lágrimas e no sangue para suportar as exigências de um dispositivo médico”, disse a empresa. “Em parte, isso se deve aos desafios de obter leituras confiáveis de glicose lacrimal no complexo ambiente ocular.”

A Verily disse que vai continuar as parcerias com a Alcon em seus dois outros dispositivos Smart Lens: uma lente intra-ocular projetada para melhorar a visão após a cirurgia de catarata e outra para a presbiopia. A Alcon confirmou que a decisão de suspender o projeto foi mútua.

É um movimento notável para a empresa e que não ocorreu sem dar sinais de alerta anteriormente. Especialistas e funcionários do Google já tinham criticado o projeto. Em uma matéria publicada em 2016 pela Stat, um ex-gerente da Verily descreveu a lente inteligente como “slideware” — um projeto que parece bom em teoria, mas tem pouco potencial para ir além de uma apresentação no PowerPoint.

Defendendo sua tecnologia e pesquisa naquele momento, a Verily disse à Stat: “como com todas as verdadeiras inovações, alguns projetos podem e vão falhar”. Ainda assim, a companhia declarou na sexta-feira que está comprometida com outros projetos focados em diabetes, incluindo outros métodos de detecção de glicose baratos e discretos.

[Verily via CNBC]