Recentemente, o primeiro minuto de “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” foi divulgado e o público está eufórico com a volta do personagem de Tom Holland às telonas.

A estreia de 16 de dezembro é um das mais esperadas da Fase 4 do UCM, com a expectativa do retorno de personagens das antigas franquias cinematográficas do Aranha.

Além de Peter Parker (Tom Holland) tendo que lidar com o fato de que sua identidade secreta foi revelada no filme anterior, o longa terá os vilões Electro (Jamie Foxx), que apareceu em “O Espetacular Homem-Aranha 2”, e Dr. Octopus (Alfred Molina), antagonista do segundo filme da trilogia de Sam Raimi. 

O Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch) é outro confirmado. Além disso, há a expectativa da aparição de Tobey Maguire e Andrew Garfield, que podem reprisar seus papéis na pele do “Amigão da Vizinhança”.

Além disso, rumores na mídia internacional apontam que há cenas dos três aranhas no mesmo longa-metragem. 

Os 12 filmes do Homem-Aranha

Ao todo, o Homem-Aranha está em 12 longas, três deles protagonizados por Tobey Maguire, dois por Andrew Garfield, e seis com Tom Holland no papel (dois solos, três com os Vingadores e um em uma cena pós-crédito). 

Vamos te ajudar a se preparar para esse encontro do dia 16! Separamos todos os filmes anteriores e os streamings onde você pode assistir. Confira abaixo:

1. Homem-Aranha (2002)

Dirigido por Sam Raimi, este primeiro filme foi um presente para os fãs dos quadrinhos e abriu caminho para o gênero no cinema. Considerado por muitos um dos mais fiéis à essência das histórias das HQs do personagem, o longa mostrou o momento em que Peter é picado pela aranha; explorou a surpresa do adolescente ao ganhar poderes; acompanhou o desenvolvimento da paixão de Peter por Mary Jane; e trouxe uma emocionante cena para a morte do tio Ben.

Embora mostre Peter na escola, o filme acompanha o momento em que o cabeça de teia entra na faculdade e começa a trabalhar como fotógrafo no Clarim Diário, sob a chefia de J. Jonah Jameson. Além disso, o filme nos apresentou a personagens clássicos, como Mary Jane Watson, Harry Osborn, Norman Osborn e Flash Thompson. 

Onde assistir: Netflix, Globoplay, Paramount+ e Telecine

2. Homem-Aranha 2 (2004)

Quando os fãs de Peter Parker achavam que a Sony não poderia repetir a dose e oferecer uma sequência com a mesma qualidade da estreia da trilogia, o estúdio surpreendeu e trouxe para os cinemas um segundo filme ainda melhor.

Agora na faculdade, Peter enfrenta as dificuldades da vida adulta e o dilema sobre continuar ou não a ser o Homem-Aranha, sacrifício que põe em jogo sua vida pessoal e profissional. Com o filme trazendo mais uma boa abordagem de um vilão clássico, os fãs ficaram extremamente satisfeitos com o tom humano com o qual o Doutor Octopus foi construído. 

Onde assistir: Netflix, Globoplay e Telecine

3. Homem-Aranha 3 (2007)

Nem tudo é perfeito… O terceiro Homem-Aranha dividiu críticos e fãs, principalmente na abordagem do clássico vilão Venom. No longa, Peter se vê possuído pelo simbionte e muda por completo sua personalidade. Mas o que deveria ter ficado assustador, ficou apenas meio embaraçoso.

Com conflitos em seus bastidores, o filme acabou acumulando vilões que não tiveram espaço para serem trabalhados como mereciam. Ainda assim, conta com importantes momentos e personagens, como o vilão Homem-Areia, a rápida aparição de Gwen Stacy (primeiro amor de Peter nos quadrinhos) e o próprio Eddie Brock. A trama ainda explora a relação entre Harry e Peter.

Onde assistir: HBO Max, Youtube Filmes, Vivo Play e Google Play Filmes

4. O Espetacular Homem-Aranha (2012)

O primeiro filme de ação ao vivo do Homem-Aranha não dirigido por Sam Raimi, “O Espetacular Homem-Aranha” é claramente impactado pelos tons escuros e pelo diretor de “realidade sombria” Christopher Nolan, estabelecido em seu Filmes do Batman. Com Andrew Garfield como Peter Parker, o rastejador de paredes gasta muito tempo tentando descobrir mais sobre seus pais, enquanto tenta impedir que o monstruoso Lagarto se agite por toda a cidade. 

Em vez de reexaminar o relacionamento de Peter e Mary Jane Watson, “O Espetacular Homem-Aranha” elegeu Emma Stone como Gwen Stacy, uma cientista e colega de classe que desafia os limites pessoais do herói de maneiras diferentes. Antes deste filme, o diretor Marc Webb era mais conhecido por “500 dias de verão” e faz um bom trabalho emprestando uma sensação semelhante de romance extravagante e dramático ao longo do filme.

Onde assistir: HBO MAX, Youtube Filmes e Google Play Filmes

5. O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro (2014)

O segundo filme da nova franquia seguiu na aposta de uma trama que não existe nos quadrinhos. Os pais de Peter teriam criado a aranha que lhe dá super poderes, e isso funcionaria apenas no rapaz devido às propriedades de seu sangue.

Talvez por não existir nas HQs ou outros defeitos do longa, a plot não agradou. O vilão Electro também não teve uma boa recepção e a força do filme ficou mais uma vez apoiada na química entre Garfield e Stone.

O final indicava a apresentação do icônico Sexteto Sinistro em um possível terceiro filme. Infelizmente, a baixa bilheteria fez com que a Sony desistisse do projeto e, algum tempo depois, estudasse a possibilidade de revitalizar o personagem em parceria com a Disney e a Marvel.

Onde assistir: Netflix, Youtube Filmes e Google Play Filmes

6. Capitão América: Guerra Civil (2016)

O terceiro longa do Capitão América marcou o retorno do Homem-Aranha aos filmes Marvel. Mais uma vez em sua versão adolescente, Peter Parker ganhou uma personalidade mais parecida com a do personagem nos quadrinhos, com a interpretação de Tom Holland.

Embora tenha poucas cenas, o teioso foi uma excelente adição ao filme que trouxe o conflito entre Capitão América e Homem de Ferro para os cinemas. Com seu humor desajeitado, o personagem fez bonito também nas cenas de ação e deixou ali o gancho para seu primeiro filme solo no MCU.

Onde assistir: Está disponível no Disney+

7. Homem-Aranha: De Volta Ao Lar (2017)

“Homem-Aranha: De Volta Ao Lar” inseriu o herói definitivamente no MCU, fazendo as devidas ligações com os demais filmes. O vilão Abutre, por exemplo, constrói sua armadura a partir da tecnologia Chitauri, que chegou à Terra na época da Batalha de Nova York, lá em Vingadores.

Sem repetir a história da obtenção dos seus poderes, o filme acompanha Peter conciliando as dificuldades do Ensino Médio com seu “Estágio nas Indústrias Stark” (seu trabalho como herói), tendo início pouco depois dos acontecimentos da Guerra Civil. Ao seu lado, seu melhor amigo Ned. Na escola, vemos também Michelle, Flash e Liz, por quem Peter está apaixonado. Sem novas “convocações” dos Vingadores, o Homem-Aranha age por conta própria quando descobre o que o Abutre está aprontando.

Onde assistir: Está disponível na Netflix

8. Vingadores: Guerra Infinita (2018)

Assim como Capitão América: Guerra Civil, os dois últimos filmes dos Vingadores contaram com o Peter Parker de Holland no time. Embora os longas não sejam focados no personagem, os eventos de suas tramas têm ligação direta com o segundo filme solo do teioso no MCU.

Em Guerra Infinita, Thanos está cada vez mais próximo de atingir seu objetivo de possuir todas as Joias do Infinito e usá-las para matar metade do universo, o que para ele garantiria a sobrevivência da outra metade.

Onde assistir: Está disponível no Disney+

9. Homem-Aranha no Aranhaverso (2018)

Primeiro filme de Miles Morales. Aborda o multiverso, traz o gênero para a animação e ganha um Oscar. Homem-Aranha no Aranhaverso fez história. O longa caiu nas graças dos fãs e da crítica ao trazer a estética dos quadrinhos para as telas, reunir seis diferentes versões do personagem, abordar um Peter Parker adulto, e trabalhar bem um vilão (Rei do Crime).

Após ser atingido por uma teia radioativa, Miles Morales, um jovem negro do Brooklyn, se torna o Homem-Aranha, inspirado no legado do já falecido Peter Parker. Entretanto, ao visitar o túmulo de seu ídolo em uma noite chuvosa, ele é surpreendido com a presença do próprio Peter, vestindo o traje do herói por baixo de um sobretudo. A surpresa fica ainda maior quando Miles descobre que ele veio de uma dimensão paralela, assim como outras versões do Homem-Aranha.

Onde assistir: Está disponível no Telecine

10. Vingadores: Ultimato (2019)

O último filme dos Vingadores na Saga do Infinito –e atual detentor da maior bilheteria da história do cinema– contou com a presença de Peter Parker apenas mais para o final. Mas sua participação não passou despercebida.

Presente na grande batalha contra Thanos, Peter traz mais uma dose de ação, comédia e emoção já tão característica do personagem vivido por Holland. Ainda que com apenas poucos minutos de tela, o Homem-Aranha viveria ali o que marcaria sua vida daí em diante, e suas ações no seu próximo filme solo. 

Onde assistir: Está disponível no Disney+

11. Homem-Aranha: Longe de Casa (2019)

O segundo filme solo do Aranha na Marvel se passa na Europa, durante uma viagem de verão de Peter e seus amigos de escola. Ainda lidando com uma grande perda pessoal e com a grande pressão que caiu nos ombros do herói, Peter perde a confiança em si mesmo.

Embora o jovem tente se concentrar em avançar em sua relação com MJ, vilões feitos dos quatro elementos –terra, água, fogo e ar– atacam as cidades, obrigando o garoto a voltar à ativa mesmo durante suas férias –ele inclusive é “intimado” por Nick Fury para ajudar. Mas desta vez ele tem um aliado: um herói que vem atuando nos países europeus, conhecido como Mysterio.

Onde assistir: Está disponível no Prime Video

12. Venom 2 – Tempo de Carnificina (2021)

Na cena pós-créditos de Venom 2, vemos Eddie Brock conversando com Venom, que revela informações sobre o multiverso. É quando a criatura dá uma pequena amostra de universos paralelos. Neste momento, tudo ao redor de Eddie muda. Seu quarto de hotel se transforma e ele vê um noticiário do Clarim Diário na televisão. A notícia é sobre a revelação da identidade de Peter Parker como Homem-Aranha, exatamente a mesma cena vista no final de Homem-Aranha: Longe de Casa.

Onde assistir: Está disponível no Google Play, Microsoft Store, Amazon Prime Video e Apple TV+.