Elon Musk e a SpaceX estão promovendo um concurso de design das cápsulas para o Hyperloop — o sistema de trânsito ultra rápido imaginado por Musk. A competição terá um ano de duração e culminará nos primeiros testes de uma pista preparatória em junho de 2016. Universitários e empresas de design podem se candidatar ao concurso até 15 de setembro.

>>> O Hyperloop, futuro do transporte público, pode funcionar de verdade. Mas sairá do papel?

Musk divulgou em 2013 que pensava em fazer concursos para desenvolver o sistema — e este é o primeiro deles. A competição irá focar no design das cápsulas para uso humano. As cápsulas (ou pods) viajarão dentro de tubos de ar comprimido em altíssimas velocidades, atingindo cerca de  1.200 km/h. Entretanto, além do cronograma da competição, poucos detalhes foram divulgados: não se sabe se os competidores ganharão prêmios ou se receberão o crédito por suas ideias. Sabemos apenas que os pods finalistas irão competir em uma pista de testes em junho do ano que vem e mais detalhes serão divulgados em agosto, segundo a SpaceX.

1298490324589126032

Este sistema criado por Musk é considerado uma das ideias de transporte mais ambiciosas deste século: cápsulas que viajam por uma rede de tubos de ar comprimido, atingindo velocidades que ultrapassam os 1.000 km/h, o que significaria viagens muito mais rápidas que as feitas em qualquer trem-bala de última geração — nos EUA, trens atingem a média de 240 km/h, e o mais novo trem-bala do Japão faz cerca de 500 km/h.

Porém, o ambicioso projeto tem um problema: Musk não irá construí-lo. Irá apenas ajudar a desenvolver a tecnologia, que precisa de comprometimento do governo e, é claro, dinheiro.

O Hyperloop não tem ligação direta com outras empresas de Musk, como a Tesla ou a SpaceX; ele é uma ideia que Musk entregou ao mundo, mas que ele não poderá desenvolver, pois está muito ocupado criando baterias e colocando satélites de internet na órbita do nosso planeta.

O bilionário vai, no entanto, construir uma pista de testes para que empresas e estudantes possam desenvolver o projeto — uma empresa chamada JumpStartFund criou uma subsidiária para auxiliar a ideia de Musk. Nela, funcionários da NASA, Airbus e outros empresas do ramo, e um grupo de estudantes da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) discutem ideias de como fazer com que o Hyperloop se torne realidade.

O sistema de transporte imaginado por Musk foi divulgado em 2013 e pode levar uma pessoa de Los Angeles a Nova Iorque em apenas 2h45. Em contraste, o mesmo trecho de avião leva mais ou menos 6h30. Existe até mesmo a possibilidade de construir o Hyperloop em trechos urbanos: uma viagem de carro de São Francisco a Los Angeles, que pode levar de 6h a 8h de carro, seria feita em meros 30m com a implementação do sistema.

Equipes interessadas em participar da competição devem se cadastrar no site oficial até 15 de setembro e os designs finais devem ser enviados até 15 de dezembro. Os pods finalistas competirão na pista de testes do Hyperloop, que será construída próxima à base da SpaceX, em Hawthorne, Califórnia, em junho de 2016.

Foto de capa: HTT/JumpStartFund