No final do mês passado, o Facebook anunciou medidas para garantir transparência no processo de promoção de publicações relacionadas à política. A medida tem bastante a ver com a pressão que Mark Zuckerberg sofreu pós caso Cambridge Analytica e suspeitas de influências nas eleições dos EUA de 2016.

A companhia anunciou nesta quinta-feira (28), que a funcionalidade que indica quem pagou por esses anúncios também estará disponível no Brasil, a tempo das eleições que acontecem em outubro.

• Facebook vai identificar quem pagou anúncio de campanha política na rede social
• Verificação de notícias do Facebook chega ao Brasil

A partir do mês que vem, os responsáveis por campanhas de candidatos poderão se registrar na plataforma e marcar seus anúncios como “eleitorais”. Durante a campanha, todos eles serão adicionados a um Arquivo.

Não ficou claro se os anunciantes brasileiros precisarão fornecer informações de identificação e localização, como acontece nos EUA.

Além disso, o Facebook irá mostrar mais informações sobre Páginas, informando se houve alguma alteração recente no nome Página e a data em que ela foi criada.

Haverá ainda uma central de informações em que os usuários poderão consultar se uma Página está veiculando algum anúncio na rede social. A partir dessa central será possível verificar todas as campanhas rodando no Facebook, Instagram, Messenger e no programa para parceiros, mesmo se os anúncios não aparecerem no seu Feed de Notícias. Para ver esse conteúdo, basta ir até a página e escolher “Informações e anúncios” no menu à esquerda.

[Facebook]