Na última semana, ficamos sabendo que a Intel tinha uma linha de novos processadores da série X. Nesta semana, a empresa divulgou dados de desempenho, preços e um novo processador Xeon. Tudo isso combinado sugere que a Intel está de olho em consumidores que querem um novo processador com um monte de núcleos.

A Intel não faz processadores terríveis, mas definitivamente parece que a companhia tem cobrado mais do que deveria em seus processadores topo de linha.

A geração anterior de processadores da série X era vendida nos EUA por até US$ 1.700. Já a linha de processadores profissionais Xeon W, com suporte a coisas como memória de código de correção de erros, podia chegar até US$ 2.553 para o modelo W-2195.

Como um processador AMD Threadripper de 32 núcleos custa, no máximo, US$ 1.800, os processadores da Intel pareciam um negócio bastante ruim.

Com sua 10ª geração de processadores, a Intel está tentando mudar isso. A nova série Xeon W-2200 tem o W-2295 como seu representante mais avançado. Ele possui 18 núcleos, 36 threads, suporta até 1TB de RAM e é vendido por US$ 1.333.

A Intel diz que dedicou muito trabalho às habilidades de inteligência artificial do novo chip. Ela afirma que esta nova série de processadores Xeon W é 2,2 vezes mais rápida que a geração anterior em tarefas de IA como processamento de imagem. Além disso, ele promete ser de 10 a 11% mais rápido que a geração anterior na edição de vídeos 4K, compilação de software e renderização 3D.

A Intel me mostrou um pouco desse desempenho na prática. A configuração da demonstração era relativamente simples. Duas bancadas idênticas foram encarregadas de abrir e renderizar um arquivo de vídeo bem grande em 4K. Uma bancada possuía o W-2195 da geração anterior, enquanto a outra possuía o W-2295 deste ano. Cada computador executou exatamente a mesma tarefa várias vezes seguidas. Em média, o W-2295 fez a renderização em 4K em 106 segundos, enquanto o W-2195 levou 130 segundos.

Este é um aumento significativo no desempenho de um processador que custa US$ 1.200 a menos que a geração anterior.

Além da série W-2200, a Intel também mostrou detalhes da nova série X da 10ª geração. O Intel Core i9-10980XE Extreme Edition de 18 núcleos é a opção mais avançada. Esse processador será vendido por US$ 980 — menos da metade do preço do processador de primeira linha da série X da geração anterior.

A Intel diz que a nova série X deve ser 7% mais rápida, em média. No entanto, ela repetirá o mesmo salto de desempenho nas tarefas de inteligência artificial que a série Xeon W-2200: 2,2 vezes mais rápida que a geração anterior.

E as quedas de preços não se limitam apenas aos processadores de última geração destinados a streamers, profissionais e jogadores com muito dinheiro. A Intel também cortou os preços de sua linha de processadores de 9ª geração da série S. Esses processadores tendem a ser um pouco mais baratos, pois não incluem uma GPU integrada. Isso os torna ideais para gamers que já planejam comprar uma placa de vídeo separada da AMD ou da Nvidia.

Se você realmente precisa de um processador Intel em seu próximo desktop para jogos, a empresa está se tornando muito atraente. No entanto, não saberemos como esses novos modelos se comportam em comparação com a mais recente iteração da Ryzen da AMD — precisaríamos verificar e fazer um comparativo.

A Intel diz que a nova série de processadores Xeon W e X estará disponível a partir de novembro. No entanto, a grande queda de preço da série S já começou a vigorar na segunda-feira (7).