O iOS 16 foi anunciado na última segunda-feira (6), durante o WWDC 2022, evento anual da Apple que traz uma série de anúncios sobre os produtos da empresa. Mas o que de fato muda em relação ao iOS 15?

Na apresentação, a Apple deu bastante destaque para a tela de bloqueio do completamente personalizável do iOS 16. Como foi demonstrado no evento, é possível customizar cada elemento individualmente ou utilizar alguns templates já prontos de estilos de tela de bloqueio.

A forma como as notificações são mostradas também recebeu mudanças e um novo recurso que permite acompanhar atividades sem desbloquear a tela do celular, como acompanhar o placar de algum evento esportivo ou monitorar uma viagem no Uber, por exemplo.

O iMessage recebe alguns recursos já disponíveis em outros mensageiros já conhecidos e agora é capaz de editar mensagens já enviadas e excluir mensagens enviadas. Os usuários do Mail poderão desfazer envio de e-mails em um período curto imediatamente após o envio, recurso que já está presente no Gmail.

Como aponta o site MacRumors, o iOS 16 mostra e permite o compartilhamento de senhas de redes wi-fi que estejam conectadas no dispositivo. A funcionalidade facilitará muito o processo de compartilhar a senha da rede da residência com familiares e amigos.

O sistema de pagamentos da Apple também recebeu novidades. O “Apple Pay Later” traz a opção de parcelar os pagamentos, sem juros ou taxas adicionais o parcelamento pode ser feito em até quatro vezes iguais divididas em até seis semanas.

Assine a newsletter do Gizmodo

A versão beta do iOS 16 já está sendo testada por desenvolvedores e a partir do próximo mês será liberada para todos os usuários. O lançamento deve acontecer perto do quarto trimestre deste ano. Usuários de iPhone 7 ou anteriores não vão receber a nova versão do sistema operacional, que estará disponível para iPhones 8 em diante.