Fortes rumores sugerem que o iOS finalmente ganhará suporte para mouse e que a funcionalidade deve chegar no iPad Pro. A informação é de Federico Viticci do MacStories, que mencionou o recurso no podcast Connected. O desenvolvedor Steve Troughton-Smith corroborou o rumor no Twitter.


Tradução: Se você perdeu o @_connectedfm da semana passada, @viticci deu um furo afirmando que o suporte para mouses está chegando ao iPad como uma funcionalidade de acessibilidade. Pelo que eu sei, isso realmente está sendo trabalhado. Parece que todos os usuários Pro vão ligar essa função no primeiro dia.

Troughton-Smith disse que o suporte ao mouse provavelmente será uma função de acessibilidade. Então, em vez de mudar o núcleo de interação com o iOS, essa seria uma mudança opcional para aqueles que sentirem a necessidade – desde pessoas que não poderiam usar telas touch em determinado momento até aqueles que não curtem o touch mas gostam do estilo do iPad.

Essa adição é bem bacana porque embora o novo iPad seja um dispositivo interessante, ele ainda não é tão produtivo quanto a Apple diz que ele é. É um tablet poderoso (ainda que existam poucas aplicações que exigem dele tanto quanto um laptop), com uma tela grandona, porta USB-C e suporte para uma tela externa – ele tem até teclado… Desde que você esteja disposto a gastar numa case compatível.

O que ele não tem é qualquer tipo de suporte para mouse, o que é um pesadelo para quem edita grandes documentos de textos ou faça qualquer coisa que exija um controle preciso (o Apple Pencil é uma alternativa, mas custa caro).

Além das informações de Troughton-Smith e Viticci existem outras boas razões para suspeitar que o suporte a mouse está chegando. Como apontou o pessoal do Slashgear, existe um rumor de que o macOS 10.15 que será lançado ainda neste ano terá uma funcionalidade chamada “Sidecar”, que traria suporte nativo para o uso de um dispositivo iOS como uma tela secundária de um Mac.

Já existem alguns apps que fazem isso, mas geralmente quando a Apple decide incluir uma função já desenvolvida por outro desenvolvedor, ela o faz tornando o recurso mais polido – o que significa que a conectividade deve ser mais fluida do que em apps como Duet Display.

O suporte para mouse também levanta mais uma vez aquela teoria de que a Apple estaria planejando algum tipo de notebook baseado na arquitetura ARM ou no iOS. Qualquer que seja o método, seria mais fácil com esse suporte.

Ninguém deu detalhes sobre quando essa opção se tornará disponível. Pode ser que vejamos ela já em junho, quando o iOS 13 será anunciado na WWDC, mas também pode ficar para depois.